Category Mercado Imobiliário

B|Fabbriani aposta em evento da OneWorld International Partners para mostrar a força do mercado imobiliário brasileiro

A incorporadora B|Fabbriani está entre as empresas participantes do International Business Summit 2023, evento organizado pela OneWorld International Partners (OWIP), em parceria com o Columbian Business Network (CBN) e a Cerqueira Leite Advogados. O evento acontece de 24 a 28 de maio, na sede do Columbia Club, em Indianápolis, nos Estados Unidos, reunindo palestrantes brasileiros e norte-americanos.
 

A B|Fabbriani trabalha a expansão urbana por meio de soluções imobiliárias inteligentes. Paulo Fabbriani, membro do Conselho Administrativo da empresa, possui mais de 30 anos de experiência, e mais de USD 30 bilhões em áreas desenvolvidas, considerando 10 milhões de metros quadrados na Barra da Tijuca – Rio de Janeiro, 450 mil metros quadrados em São Paulo, 300 mil metros quadrados em Angra dos Reis – Rio de Janeiro, 300 mil metros quadrados em Salvador – Bahia.
 

Fundada em 2014 pelo CEO Bruno Fabbriani, a B|Fabbriani atua em doze cidades do país e já possui mais de 110 mil metros quadrados lançados. Em 2022, foram mais de 220 milhões de reais em vendas contratadas.

“O backlog potencial dos projetos em desenvolvimento é de USD 2 bilhões em VGV”, afirma o CEO Bruno Fabbriani.
 

A participação no evento tem como objetivo mostrar aos investidores estrangeiros as oportunidades do mercado imobiliário brasileiro e gerar negócios entre Brasil e EUA. “Já estamos em processo de realizar negócios B2B nos Estados Unidos da América e alguns países da Europa”, comenta Paulo Fabbriani. “O evento da OWIP veio reiterar nossa iniciativa e ajudar a acelerar os negócios Brasil/Estados Unidos e Estados Unidos/Brasil.” conclui Bruno.

International Business Summit 2023

Data – 24 a 28 de maio de 2023 – programação detalhada no link.

Local – Columbia Club – 121 Monument Cir, Indianapolis, IN 46204

Startup de big data para construção civil prepara lançamento de produto no Web Summit Rio 2023

Há poucos dias do Web Summit Rio, que ocorre na cidade do Rio de Janeiro (RJ) entre os dias 1 a 4 de maio, a Hoff Analytics revelou que prepara o lançamento oficial de um novo produto no evento, considerado o maior encontro de inovação do mundo. A startup adiantou que vai lançar uma plataforma de inteligência de dados para análise de tendências de mercado para construção civil e também de mapeamento de corretores de imóveis e imobiliárias em todo o país.

A Hoff Analytics é a primeira plataforma de inteligência de dados com foco no setor da construção civil. A construtech terá dois stands nesta que é a primeira edição a acontecer na “Cidade Maravilhosa”: um espaço com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e outro próprio, o B420.

Para Janaine Nascimento, CEO da Hoff Analytics, fazer o lançamento oficial de um novo produto no Web Summit Rio é uma grande oportunidade: “Estamos ansiosos para encontrar com os nossos clientes, parceiros e amigos. Esperamos receber os visitantes de braços abertos em nosso stand, onde todos poderão conferir bem de perto o grande lançamento que a Hoff preparou para este congresso”.

O Rio é a primeira cidade a sediar a Web Summit na América do Sul. De acordo com os organizadores, o congresso deve reunir mais de 15.000 pessoas, além das empresas que estão redefinindo a indústria de tecnologia.

Com a realização, o Web Summit Rio passa a integrar a lista de eventos internacionais organizados pelo Web Summit, chegando ao cenário mundial ao lado do Web Summit em Lisboa, Collision em Toronto e RISE em Hong Kong. O congresso espera reunir mais de 500 investidores e 750 startups.

A startup está revolucionando o mercado ao levar a tecnologia da big data para as indústrias, construtoras e incorporadoras. A Hoff foi destaque entre as iniciativas que mais fecharam contratos em 2022 e conta com um banco com mais de 50 milhões de dados públicos higienizados. Segundo o seu fundador, a solução já está implementando o ChatGPT para a descrição inteligente das obras.

THÁ Engenharia lança o JH Palhano em collab com a Housi em Londrina

A THÁ Engenharia anuncia o lançamento de seu primeiro empreendimento Housi em Londrina, o JH Palhano. Com um total de 189 unidades, o empreendimento estará localizado na Gleba Palhano, um bairro moderno, de luxo e com uma mescla de perfil jovem e famílias de classe média alta.

O empreendimento já está em fase de entrega e é o primeiro empreendimento Housi da cidade, o que fortalece ainda mais a nova cultura de morar e investir em imóveis para renda recorrente. A Housi será responsável pela gestão das unidades e irá plugar serviços e tecnologias diferenciados para atender a forte demanda de clientes.

“Londrina é uma cidade muito especial para nós, pois representa uma nova fronteira para a Housi. A cidade tem um mercado imobiliário pujante e uma demanda forte por locação, especialmente por conta de seu polo universitário e de outros setores importantes da economia, como a agropecuária e a saúde. O JH Palhano é um projeto que representa esse marco. Estamos trazendo para Londrina um empreendimento único, que combina o melhor da arquitetura, do design e dos serviços. Estamos oferecendo uma solução inovadora para quem busca um investimento seguro e rentável, com a gestão de aluguéis de curta e longa duração e serviços exclusivos para os clientes, que atende às necessidades dos mais exigentes”, explica Alexandre Frankel, CEO da Housi.

Os moradores do JH Palhano poderão contar com diversos serviços, incluindo o Housi Decor e Housi Pay. O empreendimento também oferecerá uma ampla variedade de áreas comuns, como churrasqueira, beer lounge, bar, café, lavanderia, infraestrutura para carregamento elétrico de veículos, piscinas, SPA, espaço gourmet, salão de festas, coworking, quadra, fitness e pilates, salão de jogos e lobby.

Segundo o CEO da THÁ Engenharia, Arsenio de Almeida Neto, “o JH Palhano é uma nova proposta de lifestyle, oferecendo estadia de alto padrão para short stay, além de ser um diferencial importante para o mercado imobiliário de Londrina. Além disso, a Housi oferece produtos e serviços que geram comodidade e mobilidade, além de proporcionar uma nova visão para o investimento imobiliário”, aponta.

Londrina tem mercado imobiliário em alta

Londrina, uma joia do sul do Brasil, é uma cidade encantadora localizada no estado do Paraná. Fundada em 10 de dezembro de 1934, ela é conhecida como “Pequena Londres” devido à sua semelhança com a capital inglesa em seus primórdios. Hoje, Londrina é um importante centro urbano e econômico da região, atraindo visitantes de todo o país e do exterior. Londrina é uma cidade muito próspera e culturalmente influenciada por São Paulo. Acostumada com lançamentos, a cidade tem uma demanda forte por locação, especialmente por conta de seu polo universitário enorme, eventos, serviços, agro e referência na área médica.

Incorporadora e gestora imobiliária global Greystar chega ao Brasil com investimento superior a R$ 1,7 bilhão

Líder no mercado americano e com presença em 227 mercados, a incorporadora e gestora imobiliária global Greystar chega ao Brasil já com 8 projetos em andamento na capital paulista, sendo um deles com lançamento previsto para junho deste ano, o Ayra Pinheiros, voltado ao público de alto padrão. Ao todo, o aporte de recursos em todos estes empreendimentos supera os R$ 1,7 bilhão, com a participação de players reconhecidos no mercado nacional, como a Cyrela e a SKR.

Com a operação de mais de US$ 250 bilhões no setor imobiliário e a gestão de US$ 62 bilhões de ativos, o modelo de atuação da companhia vai seguir um padrão bem difundido nos Estados Unidos, na Europa e na Ásia. Ele consiste na construção ou arrendamento de imóveis voltados exclusivamente à locação, com contratos de médio e longo prazo (entre 3 e 18 meses). O Brasil é o segundo país em que a companhia abre suas operações na América do Sul, depois de ingressar pelo Chile.

Além de um contrato mais flexível em imóveis planejados para esse tipo de locação, os empreendimentos contam com serviços premium incluídos visando o bem-estar de todos os moradores. Entre eles, destaca-se um aplicativo exclusivo para o morador, que oferece a possibilidade de fazer a gestão do aluguel, agendamentos de serviços, contato com a equipe do empreendimento e reserva de áreas comuns.

Os espaços de convivência têm foco na sofisticação e agregam vários serviços, como coworking, academia com sala de yoga e spinning, área pet, rooftop com piscina com vista infinita, churrasqueira gourmet e espaço lounge. Além de todas essas facilidades, os empreendimentos contam com a figura do gestor de propriedade e concierges, melhorando a experiência dos clientes em seu dia a dia.

“Nosso objetivo é chegarmos a 10 mil apartamentos sob gestão no Brasil, um volume que atingimos em outros mercados. Os nossos projetos já somam 1,9 mil apartamentos em operação em um futuro próximo. Além disso, estamos analisando captar novos empreendimentos de terceiros”, reforça o diretor de Investimentos e Desenvolvimento da Greystar, Kim Diego Azevedo.

Até o fim de 2026, a incorporadora e gestora imobiliária vai lançar 8 projetos em bairros nobres de São Paulo, como Higienópolis, Moema, Brooklin, Vila Mariana, Vila Madalena e Perdizes. “Somos um único dono para todo o prédio, pensando em oferecer um serviço de qualidade e uma gestão que acreditamos maximizar o retorno para os nossos investidores, ao contrário de um flat. Com isso, estamos focados em cuidar da longevidade e da manutenção e fazer os investimentos necessários no edifício”, ressalta Azevedo.

Criado pensando em toda a família

Voltado a um público-alvo de executivos, nômades digitais, profissionais em projetos de média duração e os seus familiares, a expectativa é fisgar o consumidor brasileiro com a qualidade do serviço já consagrada no mercado internacional. A perspectiva da Greystar é demonstrar uma nova forma de viver, trazendo novos valores ao mercado imobiliário — um dos poucos que ainda não passou por uma grande disrupção.

Os apartamentos têm metragens diversas e são entregues equipados no padrão americano: com geladeira, forno, cooktop, depurador, micro-ondas e máquina lava&seca. O intuito é tornar o processo de moradia mais simples. É possível também optar por imóveis mobiliados.

“Nós viemos para ser referência nesta nova forma de morar, super difundida no mundo inteiro e para qual o Brasil está caminhando, especialmente após a pandemia. Por isso, temos uma preocupação em relação a parceiros, projetos, operação, um sistema 100% auditável para garantirmos uma operação de excelência”, afirma o diretor de Operações da Greystar, Cristiano Viola.

De acordo com ele, as diferenças são sentidas desde o primeiro momento pelo cliente. “O processo de locação, que começa com um tour com o gerente de vendas, já será um diferencial. Nosso projeto é estar um passo à frente do morador para melhorar sua experiência”, ressalta.

Essas diferenças seguem no dia a dia, com a busca pelo desenvolvimento de áreas comuns que vão ao encontro das necessidades dos clientes. Em um contexto de home office, a empresa investe em espaços de trabalho com internet de alta velocidade, além de outras facilidades alinhadas ao perfil do consumidor.

No dia a dia, a empresa também é reconhecida pelas ativações e pela criação de um senso de comunidade entre os moradores, como eventos de gastronomia e iniciativas semelhantes para aproximá-los. “Nossa operação é caracterizada por criar um dinamismo para os moradores, aumentando a percepção de valor pelo produto por parte dos clientes”, destaca Viola.

Expansão contínua

Uma das principais características da empresa é o plano de expansão contínuo de seus negócios. Além do lançamento do Ayra Pinheiros, a organização acaba de fechar contrato para um grande projeto coordenado pela Cyrela na antiga fábrica da Kibon, um terreno com mais de 40 mil m2 no coração do Brooklin, com inauguração prevista para 2026.

A Greystar, com a marca Ayra, será a dona de um dos prédios, justamente o destinado apenas a aluguéis, adquirido com a participação do CPPIB, um fundo de pensão canadense. O empreendimento terá cerca de 400 unidades, com 36 andares, dividindo o espaço com um shopping e um edifício de escritórios.

“É difícil encontrar terrenos grandes em áreas nobres de São Paulo. Estes são os últimos que eram fábricas no Brooklin e em Santo Amaro. Além do prédio em si, conseguiremos criar um ecossistema interessante, com shopping, área comercial e parque, oferecendo vida 24 horas para as famílias”, explica Azevedo.

“Será o edifício mais alto do nosso portfólio no Brasil, com várias áreas comuns interessantes: piscina interna e externa, coworking, sala de festas, sala multiuso, spa, sauna, academia, lounge dentro do nosso padrão de qualidade”, ressalta o diretor de Investimentos e Desenvolvimento.

Sensores no concreto proporcionam acompanhamento em tempo real nas obras

Tradicionalmente medido manualmente, através de testes que demandam tempo e desperdiçam matéria-prima, a cura do concreto está na mira de empresas que desenvolvem tecnologias para o setor da construção. Para garantir mais agilidade na concretagem em diferentes tipos de obras, garantindo a durabilidade e eficiência do material, surgem os sensores como o Gaia 200.

O sistema foi desenvolvido pela companhia dinamarquesa Maturix e é comercializado no Brasil com exclusividade pela Camargo Química, especializada em soluções sustentáveis para a construção civil.

Com o sistema, composto por sensores captadores ao longo do ambiente a ser concretado, que enviam informações ao software, a concretagem é acompanhada em tempo real, sem que haja a necessidade de teste anterior.

Fábio Camargo, CEO da Camargo Química, explica que essa é uma evolução crucial para o segmento, já que proporciona agilidade nesta etapa da obra, garantindo dados confiáveis e mais assertivos sobre a produção do concreto. “Com o sistema Gaia 200, o cliente pode acompanhar, inclusive remotamente, os dados, já que trata-se de uma solução móvel. Todas as informações ajudam a entender e agilizar cada etapa da concretagem, aplicando as ações mais adequadas para cada tipo de obra”, diz.

Outro fator que contribui para a assertividade do sistema é que ele elimina a discrepância de dados entre laboratório e canteiro de obras, garantindo uma avaliação real sobre a resistência e as condições ideais do concreto.

Baseado no conceito de Internet das Coisas (IoT), já popular em grandes indústrias, o Gaia 200 deve se tornar um dos grandes contribuintes para a inovação na construção. O apoio na redução de desperdícios pode alterar significativamente o resultado operacional das empresas, já que estudos da USP apontam que o desperdício via perdas materiais chega a 8% do custo total de uma obra.

Cidades inteligentes e o futuro da moradia são destaques da IntegraTEC 2023 em SP

O segmento de automação residencial deve registrar um crescimento anual de até 30% até 2025, segundo a IDC Brasil. Com um cenário promissor de novas tendências, um dos eventos mais aguardados pelos integradores de tecnologias, a IntegraTEC 2023, confirmada para os dias 10 e 11 de maio, no World Trade Center, em São Paulo (SP), traz uma série de debates sobre inovações do segmento. Com entrada gratuita, as inscrições para o encontro já podem ser feitas.

As discussões têm entre os destaques, temas como “Smart Cities” e “O Futuro da Moradia”, como parte da programação do Intelligent Home Summitevento paralelo que acontece no primeiro dia da IntegraTEC. Sob a curadoria do Instituto da Automação, os debates também incluem a apresentação de diversos cases de sucesso.

Confira um breve resumo de algumas das palestras:

Smart Cities

Entre as tendências mais aguardadas em automação, Gabriel Domingos, Managing Director B2B na Vivo, fala sobre a conectividade e as novas tecnologias digitais como habilitadoras de aplicações cada vez mais inteligentes. Nesse debate, será possível entender como as cidades inteligentes usam a tecnologia a favor de sua estrutura e de seus cidadãos, a fim de atender as mais diversas questões sociais.

Futuro da Moradia

Ministrada por Danny Spiewak, COO e co-fundador da Housi, uma plataforma proptech, a palestra sobre futuro da moradia traz as mudanças do mercado imobiliário relacionadas ao modelo de casas inteligentes, conectadas a serviços que proporcionem experiências cada vez melhores.  O debate abordará o conceito Smart Living como uma solução para incorporadores, investidores e habitantes.

Automação na Segurança Condominial

Com a automação cada vez mais presente no processo de segurança condominial, seja para mitigar riscos e ameaças ou controlar utilidades e equipamentos, Eytan Magal, CPP e Consultor Master de Segurança e Gestão, palestrará sobre o desenvolvimento de IoT e 5G, e as contribuições dessas novas tecnologias para a proteção de usuários e ambientes.

IntegraTEC Brasil – Intelligent Home Summit

Data: dia 10 de maio

Horário: 10h às 17h15

Local: Av. das Nações Unidas, 12.551 – Cidade Monções, São Paulo (Ballroom / 3º and – World Trade Center São Paulo)

Av. das Nações Unidas, 12.551 – Cidade Monções, São Paulo

Inscrições: Link

Vendas de tintas imobiliárias crescem no 1º tri de 2023

A Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (ABRAFATI) apresenta ao mercado um balanço positivo sobre o primeiro trimestre do ano de 2023. Houve aumento de 3,3% no volume de vendas de tintas imobiliárias em todo o Brasil, na comparação com o primeiro trimestre de 2022.

“Alguns fatores nos ajudam a explicar esse bom desempenho do primeiro trimestre: o principal deles é a manutenção da tendência de cuidar da casa, tornando-a um local de conforto, refúgio e bem-estar. Também estamos observando o aumento da confiança do consumidor, o menor nível de desemprego geral e a discussão de programas para redução do endividamento das pessoas. Isso é importante porque, quando a situação econômica individual está mais estável, as famílias iniciam ou desengavetam projetos de reforma e repintura de seus imóveis”, afirma Luiz Cornacchioni, presidente-executivo da Abrafati (Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas).

Histórico

Em 2022, o Brasil produziu cerca de 1,6 bilhão de litros de tintas. De acordo com dados consolidados do ano passado da ABRAFATI, as tintas imobiliárias representaram 82,5% desse total de volume de tintas produzido (o que significou 1,358 bilhão de litros). Nosso país é quinto maior mercado de tintas do mundo e líder na América Latina.

MRV&CO e Patrimar buscam startups inovadoras no Pitch Day Construção e Habitação

A MRV&CO e o Grupo Patrimar promovem o evento “Pitch Day Construção e Habitação” no dia 16 de maio, na sede do Órbi Conecta, em Belo Horizonte. O evento oferece a oportunidade para startups – com soluções inovadoras no mercado de construção e habitação de todo o País – apresentarem seus negócios aos principais players do ecossistema de empreendedorismo digital de Minas Gerais.
 

As startups interessadas em participar do evento podem se inscrever neste site, até o dia 6 de maio. Será um dia de conexões e geração de negócios, além de uma chance única para gerar conexão com potenciais investidores, parceiros e clientes.
 

As dez novas empresas selecionadas poderão apresentar suas soluções focadas em toda a jornada de habitação, desde o processo construtivo até a potencialização da vivência em condomínio, para um público qualificado e especialistas nesse mercado.
 

“O Pitch Day tem como objetivo fomentar ideias inovadoras para todo o processo de construção, além do percurso de busca, conhecimento e compra de um imóvel. Trata-se de uma excelente oportunidade para promovermos o desenvolvimento de startups do setor e para as empresas conhecerem novas tecnologias”, explica Felipe Reis, gestor de inovação da MRV. “Estamos buscando soluções que possam revolucionar o mercado de construção e habitação, tornando-o mais eficiente, sustentável e acessível a todos”.
 

Há alguns anos, a MRV&CO tem se posicionado na vanguarda de inovação em seus setores de atuação. A empresa conta com um LAB para estabelecer uma conexão direta com o ecossistema de empreendedorismo digital, promover a cultura de inovação e desenvolver projetos e pesquisas. Além disso, é considerada a construtora mais inovadora do Brasil, eleita pelo prêmio Whow, e uma das 10 empresas mais inovadoras do país, de acordo com a Forbes.
 

A MRV&CO é uma a maior incorporadoras imobiliárias do País e líder no segmento de imóveis econômicos. A realização do Pitch Day é mais uma iniciativa do grupo para fomentar a inovação no mercado imobiliário brasileiro. O evento conta ainda com o Grupo Patrimar, uma das empresas mais respeitadas do setor, com experiência em construção e incorporação de imóveis de alto padrão.


Já o Órbi Conecta é um hub de inovação e empreendedorismo que oferece suporte para startups e empresas que buscam soluções inovadoras para problemas do mundo real. Por meio da colaboração e da inovação, o hub ajuda a criar um ecossistema empreendedor mais sustentável e próspero para todos.

Inspiração natural marca lançamento imobiliário em Moema

Fachada verde, design biofílico e calçada paisagística destacam Bem Moema, novo empreendimento da Tegra Incorporadora no bairro homônimo da capital paulista
 

Em uma cidade urbanizada como São Paulo, lançamentos imobiliários como o Bem Moema, na zona sudeste da cidade, chamam a atenção pela valorização da natureza, acrescentando tons naturais aos elementos em concreto. O empreendimento, que representa o sexto investimento da Tegra Incorporadora no bairro, traduz elementos sustentáveis de alta eficiência ambiental em sua proposta estético-funcional.
 

Desde a fachada, o Bem Moema exibe uma grande variedade paisagística nas varandas e nos parapeitos. Jardineiras com espécimes de jasmim amarelo, jasmim dos poetas, aspargo rabo de raposa e alamandra-amarela ornamentam as sacadas e os pavimentos de garagem, suavizando os traços da estrutura. O prédio, localizado no encontro da Rua Bem-Te-Vi com as ruas Arapanés e Arapapi, em Moema, também terá uma fachada ativa, com lojas acompanhadas de jardins e passeios com canteiros verdes, araçás amarelos e jatobás.
 

Os elementos naturais aplicados ao design envolvem o projeto arquitetônico, assinado pelo escritório Konigsberger Vannucchi Arquitetos Associados; a decoração das áreas comuns, criada pelo escritório Suíte Arquitetos; e o projeto paisagístico, desenvolvido pelo escritório Cardim Arquitetura Paisagística. Um ponto de destaque é o lobby do edifício residencial, onde painéis ondulados, com formas orgânicas, e jardins com pedriscos delimitam os acessos.
 

Os elementos madeirados são predominantes nos ambientes comuns, tanto nas mobílias quanto nos painéis na brinquedoteca, no salão de jogos e até no espaço delivery. Os revestimentos na academia remetem ao aço corten, e o spa do condomínio tem ainda elementos em pedra ônix caramelo que reforçam as formas orgânicas do lobby. Mesmo ambientes sóbrios ou funcionais, como o bicicletário e o salão de festas, investem em mobiliários e marcenarias com tons terrosos e peças verdes.
 

Nas áreas externas, jardins acompanham as áreas de circulação social e confraternização, criando um cenário verde para o salão de festas e para a área gourmet. No pavimento de lazer, no quarto andar, jardins lineares margeiam as piscinas adulto e infantil, o solário, o playground e o fitness, e um espelho d’água reforça a temática natural do projeto.
 

“A relação do empreendimento com o entorno e a qualidade ambiental da construção são fatores centrais para a Tegra, que é empreendedora AQUA. O design biofílico e a referência natural são elementos que reforçam nosso compromisso com o meio ambiente e o bem estar das pessoas. Em um bairro como Moema, desejado por famílias consolidadas e empresários, esse é um fator de grande valia”, diz João Mendes, diretor de Incorporação da Tegra.
 

Projeto misto
 

O Bem Moema terá 89 unidades familiares com maior metragem: 36 unidades com 80 m² e duas suítes; 34 unidades com 123 m² e três suítes; e 19 apartamentos com 148 m² e quatro suítes. O acesso a esses apartamentos residenciais ocorrerá pela rua Bem-Te-Vi. Já as ruas Arapapi e Arapanés receberão fachadas ativas, que contarão com quatro lojas ao todo. O complexo ainda terá apartamentos do tipo studio e salas comerciais, que terão acesso totalmente segregado pela rua Arapanés.
 

O novo empreendimento mantém a vocação mista do bairro da zona sul de São Paulo, segundo Mendes. Ele fica localizado a apenas quatro minutos do Shopping Ibirapuera e do metrô e a sete minutos do Clube Atlético Monte Líbano, além de ter fácil acesso ao Aeroporto de Congonhas, ao Parque do Ibirapuera, a escritórios, restaurantes, padarias, escolas e universidades. “Moema é um bairro completo e muito verde. O Bem Moema reflete esse espírito urbano integrado à natureza, sofisticado e orgânico”, ressalta o executivo.

Construindo um novo mundo: como o Metaverso e o 5G estão transformando a indústria da construção

A indústria de construção é a 4ª que mais investe em tecnologias digitais no Brasil, ficando atrás apenas das áreas de varejo, financeiro e serviços. Os dados são de um estudo realizado pela Cortex, empresa de inteligência de dados para marketing e vendas. Com tantas possibilidades de inovação, há algumas construtoras que se destacam e que buscam ativamente formas de incentivar a prática de inovação.
 

Uma dessas empresas é a Andrade Gutierrez, que desenvolveu um programa de inovação aberta chamado Vetor AG, com o objetivo de buscar fornecedores de soluções inovadoras aplicáveis às obras e áreas corporativas da companhia. Desde o seu lançamento em 2018, o programa já se conectou com mais de 1,5 mil startups e acelerou mais de 30 iniciativas, além de ter contratado mais de 20 soluções.

Essa iniciativa da Andrade Gutierrez faz parte de uma tendência crescente no setor de construção, que busca cada vez mais incorporar soluções inovadoras para aumentar a eficiência em todas as etapas da obra. Com a necessidade de inovação e o aumento da concorrência, é importante que as empresas do setor invistam em ações afirmativas para fomentar a cultura da inovação e impulsionar a engenharia no Brasil.

Tecnologia na prática
 

Uma tendência de inovação é a maior conectividade nos canteiros de obras, graças à tecnologia do 5G que está sendo ampliada no país. A conectividade e a rastreabilidade que o 5G permite sobre equipamentos, materiais e pessoas trarão dados e estatísticas em tempo real. Elas serão úteis na redução de custo das obras, aumento de produtividade e tomada de decisões, além de impactar a segurança do trabalho de forma positiva por meio da conectividade aplicada em equipamentos de proteção.

Para André Medina, gerente de Inovação da Andrade Gutierrez e responsável pelo Vetor AG, “o 5G abre caminho para que tecnologias como drones, sensores e qualquer outro aparelho que necessite de conexão com a internet tenham melhor aproveitamento e tempo de resposta muito menor em comparação com o 4G”. O gerente ainda esclarece que a ultravelocidade proporcionará avanços na Engenharia 4.0, potencializando recursos já existentes, como a Internet das Coisas (IOT) e a Modelagem da Informação da Construção (BIM).

Na engenharia, o metaverso deve explorar a gamificação, como plantas em visão de 360º graus e ambientes virtuais interativos. Segundo Medina,o metaverso elimina as barreiras entre o físico e o digital, sendo possível explorar mais a fundo experiências imersivas. “A construção civil predial será a mais beneficiada nesse quesito, porque envolve a experiência do cliente. Entretanto, a construção de infraestrutura não ficará para trás e irá explorar a tecnologia de outras formas como em treinamentos imersivos de segurança do trabalho”, explica o Gerente.

Junto a essas inovações, uma prática ainda mais presente será a inovação sustentável, que faz parte da abordagem ESG. Trata-se de uma estratégia que torna os empreendimentos mais sustentáveis e ambientalmente responsáveis, possivelmente aumentando sua qualidade e reduzindo custos. “Todo o ciclo de vida de um projeto ou empreendimento pode ser repensado sob o viés sustentável. Os benefícios contemplam a sociedade como um todo, do ponto de vista ambiental, e o próprio empreendimento em si, que se torna mais moderno e eficiente”, conclui Medina.