Casa em três dias?

Casa em três dias?

Esta nova metodologia é uma das principais tendências da indústria da construção civil, que para se manter ativa na economia está sempre em busca de novidades. Os produtos sejam do ponto de vista estético ou construtivo tem que conter inovação e facilitar o processo construtivo, para atender à crescente demanda de pessoas que buscam por moradias inteligentes e sustentáveis; com custo menor que a convencional e com entrega mais rápida.

O grupo mineiro Lafaete, há anos tem investido em inovação construtiva, na chamada construção modular offsite, ou seja, “fora do canteiro de obras”. As edificações são executadas em ambiente fabril e, posteriormente, as casas são instaladas no local definitivo com a ajuda de um guindaste. O local deverá estar pronto e com a infraestrutura finalizada como ligações de água, luz e esgotos.

O uso de diferentes materiais como aço – steel frame e revestimentos de acordo com o padrão de acabamento do projeto auxiliam na evolução e na aceleração do processo construtivo. Esse formato de construção modular segue os mesmos padrões da construção convencional oferecendo um produto final de alta qualidade, afirma Sr. Hugo Machado, engenheiro do Grupo Lafaete, que acompanhou a construção do protótipo de uma casa com 2 quartos, 3 banheiros, sala, cozinha e lavanderia que saiu do papel e se tornou realidade em 03 dias.

Esta nova metodologia não só reduziu o tempo de edificação, como também reduziu a quase zero o desperdício de material, gerando uma economia no orçamento total da construção. Outra questão importante é que esse tipo de construção surge como um aliado ao meio ambiente, já que se trata de uma construção limpa e, totalmente sustentável.

Essa modalidade construtiva abre a possibilidade de oferecer uma solução pronta e que garanta menor prazo e custo de obra para os empreendimentos em escala e com um resultado superior as construções convencionais.

Diversas construtoras como For Casa, Bild são algumas que encontraram nos módulos as soluções para reduzir tempo de obra. Segundo o engenheiro Hugo Machado, “embora seja uma modalidade relativamente nova no Brasil, os excelentes resultados nos projetos têm contribuído para a popularização de projetos modulares”.

Comments are closed