Proptech Xtay fecha acordo com Cidade Pedra Branca e espera faturar R﹩ 10 milhões em seis anos com serviço de hospedagem short e long stay

Proptech Xtay fecha acordo com Cidade Pedra Branca e espera faturar R﹩ 10 milhões em seis anos com serviço de hospedagem short e long stay

Alinhada às mudanças de comportamento do consumidor, a empresa vai operar unidades em edifício do bairro criativo, conectado e funcional de Santa Catarina

Três meses após ser lançada, a proptech Xtay conquista uma importante parceria estratégica de grande porte no Brasil com a operação da empresa na Cidade Pedra Branca, bairro-cidade inteligente de Palhoça (SC). O empreendimento Atrium Live by Xtay nasce em uma planta que originalmente era formada por escritórios e salas comerciais e que será totalmente retrofitada para dar lugar, agora, ao serviço de hospedagem para curtas e longas temporadas.

A primeira etapa de obras, que contará com investimento por parte da Cidade Pedra Branca de cerca de R﹩5 milhões, irá reformar, inicialmente, metade das 78 unidades que estarão disponíveis. O projeto como um todo contará com um aporte de cerca de R﹩7,5 milhões, com um retorno esperado do investimento em cinco anos.

O empreendimento reformado será inaugurado em novembro deste ano no bairro considerado modelo de sustentabilidade e criatividade, reconhecido e premiado internacionalmente. Com essa empreitada, a Xtay estima faturamento de R﹩10 milhões em seis anos com a operação de unidades do edifício. “Esta é a primeira parceria da Xtay em retrofit de prédio comercial no Brasil, que, junto com a equipe da Cidade Pedra Branca, enxergou a necessidade na região de acomodações de curto e longo prazos. Por ser uma cidade integrada e tecnológica, há procura por hospedagens por jovens que precisam conhecer a região para estudar em universidades próximas ou mesmo executivos que precisam de estadia por tempo mais longo, até encontrar moradia definitiva”., afirma Rony Stefano, Ceo da Sanctuary Venture.

Atrium Live by Xtay

Localizada em Cidade Pedra Branca (Palhoça, SC), referência internacional em planejamento urbano sustentável, o empreendimento imobiliário Atrium Live by Xtay contará com acomodações operadas pela Xtay.

Do total, seis unidades terão espaço para quatro hóspedes e os demais serão para até duas pessoas que poderão ter duas camas de solteiro ou uma de casal. As unidades terão diárias com preços a partir de R﹩199,00 e percentuais de descontos a partir de 20 diárias.

Nas áreas comuns, o empreendimento terá no térreo um bar, um bistrô, duas salas de reunião que poderão ser alugadas, espaço para livraria e lounge. A área externa também terá mesas e cadeiras para reuniões e pequenos encontros. Na decoração, será mantido o espelho d’água e a recepção interligada com a torre ao lado.

O hóspede do Atrium Live by Xtay contará com toda a tecnologia proprietária embarcada pela companhia, que garante a segurança de ponta a ponta: quando um cliente faz a reserva pelo site ou mesmo pelo app ou qualquer agência online de viagens integrada ao sistema, a cobrança é realizada de forma automática e as instruções de check-in são encaminhadas por email ou via app. A partir desse momento, uma chave digital é gerada e o hóspede já pode ingressar no imóvel utilizando apenas o app ou senha. Os serviços são 100% digitais, sem contato e com central de atendimento 24h e concierge no local.

Pedra Branca: cidade conceito

A Cidade Pedra Branca é referência internacional por sua proposta pioneira, no Brasil e América Latina, reconhecida como novo marco em projetos urbanos para a iniciativa pública e privada. Há 20 anos, o conceito de urbanismo sustentável aplicado aos empreendimentos atraiu a atenção do mercado, da academia e de instituições de diversos países, rendendo honrarias, premiações, certificações e visibilidade internacional. Atualmente, registra uma população de 12 mil moradores, 8 mil trabalhadores e 7 mil estudantes que vivem com uma infraestrutura completa, minuciosamente planejada com oportunidade de morar, trabalhar e estudar, tudo em um só lugar. Pedra Branca conta com a chancela do conselho nacional de prédios verdes (GBC Brasil). A partir do seu planejamento, em 2025 o empreendimento deverá comportar 30 mil habitantes em uma área de 1,7 milhão de metros quadrados e gerar, aproximadamente, 15 mil empregos.

Comments are closed