Hiperconectividade, casa própria como sonho e moradia a serviço do momento de vida: pesquisa inédita do QuintoAndar traça o perfil da população 50+

Hiperconectividade, casa própria como sonho e moradia a serviço do momento de vida: pesquisa inédita do QuintoAndar traça o perfil da população 50+

Se até alguns anos atrás a população 50+ era rotulada como analógica e com baixa confiança nos serviços digitais, esse perfil não existe mais. Segundo pesquisa inédita do QuintoAndar, feita em parceria com o Data8, 98% dos brasileiros com mais de 50 anos têm acesso à internet e 76% deles navegam diariamente na web. Comprar e vender online é uma realidade entre essa parcela da população. De acordo com o levantamento, 41% dos respondentes dizem comprar e vender produtos online.

Apesar de todas essas mudanças de perfil, alguns desejos antigos das pessoas com mais de 50 anos se mantêm em alta. De acordo com o levantamento, a conquista da casa própria possui o mesmo peso que a preocupação com os cuidados da saúde, seguidos pela ambição de se aposentar e empreender. Ou seja, ter o seu cantinho de descanso e aconchego ainda é muito importante para a grande maioria dos brasileiros dessa faixa etária.

Junto com essas evoluções, a relação com o lar também mudou. O estudo mostra que a casa está cada vez mais interligada com o momento de vida do morador. Ou seja, eles estão menos apegados. Segundo o levantamento, para aqueles que já têm um ou mais imóveis próprios, a propriedade também significa segurança financeira. O Habitar 50+ revela que 78% dos brasileiros que colocam um imóvel para alugar têm como objetivo ter uma renda mensal para complementar a aposentadoria.

Já para quem vendeu o imóvel nos últimos anos, o principal motivo é a busca por mais espaço (15%), seguido pela vontade de investir em uma casa perto de comércio/metrô para melhorar o deslocamento (9%) e mudar de local por considerar a região perigosa, com potencial de desvalorização do imóvel (8%).

“A cada 21 segundos um brasileiro faz 50 anos. Conhecer a fundo o perfil e as necessidades desse público é primordial para as marcas”, conta Soraia Marioti, Head de Customer & Market Insights do QuintoAndar. “Para nós, é importante entender o nível de afinidade dessa parcela da população com produtos e serviços digitais e o quanto isso impacta nas questões relacionadas à moradia. Assim podemos encontrar formas de suprir suas necessidades e dúvidas no que permeia a jornada pela casa dos sonhos no ambiente digital.”

Metodologia

A pesquisa feita pelo QuintoAndar, em parceria com o Data8, ouviu em média 600 pessoas com mais de 50 anos, clientes QuintoAndar e potenciais clientes das classes ABC, nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Recife, durante os meses de maio e julho de 2022, a fim de investigar as nuances do comportamento deste público.

Comments are closed