Tag Archive Homer

A busca por imóveis maiores e afastados dos grandes centros deve continuar no pós-pandemia?

Por Livia Rigueiral, CEO do Homer

A pandemia acabou impulsionando e acelerando mudanças no comportamento das pessoas, e o distanciamento social, que colocou muita gente em home office e tele-estudo, apresentou uma nova realidade ao mercado imobiliário. É perceptível que algumas necessidades mudaram, e que o imóvel, por exemplo, deixou de ser só um local de descanso e convivência com a família, para abrigar essas novas atividades profissionais e pessoais. No Homer, aplicativo gratuito que oferece soluções tecnológicas aos corretores de todo o Brasil, notamos um aumento significativo na busca por casas longe dos grandes centros – ou até mesmo no interior -, e com mais espaço.

E falando em espaço, cômodos melhor divididos, com uma área de lazer interessante, quintal, e um cantinho confortável/funcional para o home office, se tornaram fatores determinantes quando o assunto é qualidade de vida. 67% das pessoas que buscam um novo imóvel já perceberam isso, foi o que revelou uma pesquisa feita pelo Grupo Zap para mostrar como o coronavírus influencia o mercado imobiliário brasileiro, pois é essa a porcentagem de pessoas que acham importante ou muito importante que os cômodos sejam bem definidos – algo que ajuda, e muito, na sensação de organização e amplitude do ambiente.

Mas, e no pós-pandemia, será que essa procura vai continuar?

A meu ver, o custo benefício de se morar em um lugar maior, em bairros e cidades mais afastados, é excelente. E quando aliado à percepção das pessoas de que o home office é um modelo de trabalho interessante, acaba se tornando quase irresistível – mesmo com o fim do distanciamento social. Quem não quer poder atuar de qualquer lugar? E se esse lugar for confortável então?

Talvez o trabalho à distância não permaneça 100%, mas acredito que pelo menos ele se dê no formato híbrido – com alguns dias no escritório, e outros dias trabalhando de casa. Isso deve manter em alta essa tendência. E se a necessidade dos consumidores se consolidar mesmo em imóveis maiores, e não mais os menores mas “bem localizados”, o setor terá que se adaptar, afinal, o objetivo do mercado imobiliário é – de forma muito cuidadosa, por lidar com investimentos de alto custo – ajudar as pessoas a encontrarem imóveis com o perfil que elas procuram, e que elas possam chamar de lar. Se o novo modelo de lar dos sonhos precisa ter mais espaço para o convívio em família, ou ser bem planejado com áreas bem aproveitadas e o indispensável escritório em casa, então é a isso que o mercado deverá voltar suas atenções daqui pra frente.

Tags, , ,

Homer registra crescimento de 25% durante a pandemia

Mesmo diante de um cenário de crise causado pela pandemia, expectativas e resultados positivos sobre o mercado imobiliário ganharam destaque e ofuscaram as previsões negativas para o setor do início da quarentena, impulsionando até mesmo o crescimento de empresas do setor. É o caso do Homer , aplicativo gratuito que conecta corretores em todo o Brasil, que só nos últimos dois meses, registrou um aumento de 25% na busca de clientes por imóveis. Para atender a essa demanda, que só tende a subir, o quadro de colaboradores da empresa cresceu 25%, e o número de corretores cadastrados na plataforma pulou para 50 mil, uma alta de 11%.

Com o objetivo de fortalecer o suporte ao time de gestores da companhia e aos profissionais do setor que utilizam o app, e facilitar suas negociações com dicas e estratégias de quem entende – e muito – do assunto, o Homer trouxe para compor o conselho da empresa, Sérgio Freire, cofundador e ex-CEO da Brasil Brokers – um dos maiores grupos de vendas de imóveis do país. Para Livia Rigueiral, CEO do Homer, a presença de Freire no conselho consultivo vem para potencializar os serviços já oferecidos pelo aplicativo, como parcerias entre corretores, assessoria de marketing e jurídica. “Além do todo o conhecimento que o Sérgio Freire tem a ser compartilhado referente ao ramo, afinal, foram muitos anos à frente da Brasil Brokers, ele possui um know-how apurado sobre as necessidades urgentes do mercado. Compreender e suprir essas necessidades com rapidez, sem dúvidas, nos coloca à frente”, conta Livia.

No atual momento que estamos vivendo, por exemplo, Homer vê grandes oportunidades de negócios – tanto para os corretores, quanto para os donos de imóveis. Isso porque, com a queda nos rendimentos de títulos de renda fixa, como a poupança e o tesouro Selic, os investidores voltaram a ver os imóveis como investimento – com valorização das propriedades, além da renda do aluguel. Segundo a CEO da startup, “também não podemos deixar de considerar que muita gente está passando mais tempo em casa e, consequentemente, buscando melhor infraestrutura e bem-estar no conforto do lar. O perfil do consumidor está mudando e o corretor precisa acompanhar essa mudança. Para isso, pode contar com o suporte do Homer”, conclui.

Ajudar os corretores a se atualizarem e se destacarem no mercado – no ritmo da evolução tecnológica e dos novos comportamentos de consumo – tem sido o foco do Homer desde sua criação em 2016. Não à toa, além de proporcionar esse tipo de interação com grandes nomes do setor, há também uma preocupação em oferecer suporte, materiais de estudo para atualização, lives e, até mesmo, organizar eventos online em parceria com o COFECI – Conselho Federal de Corretores de Imóveis – eventos estes que, até o momento, já capacitaram mais de 12 mil corretores e os colocaram a par de todas as novidades e discussões do mercado imobiliário. A exemplo do aplicativo, todos os materiais de aprimoramento desenvolvidos pelo Homer são gratuitos e podem ser acessados no site: www.homer.com.br/blog.

Tags,

Homer resolve principais problemas dos corretores de imóveis

Encontrar imóveis de acordo com as características buscadas pelos potenciais compradores e inquilinos somados a insegurança em realizar parcerias para concretizar vendas são as principais dificuldades encontradas por corretores imobiliários no seu dia a dia.

Diante desse cenário, surgiu o Homer. A plataforma funciona de forma exclusiva para esses profissionais, a fim de solucionar os problemas enfrentados e ajudá-los a otimizar seus negócios.

“O processo de compra e venda de um imóvel é extremamente burocrático e acontece poucas vezes na vida de cada cliente. Dessa forma, nós, do Homer, acreditamos que os corretores são indispensáveis e, por isso, oferecemos soluções específicas para capacitar e otimizar suas rotinas de trabalho e, assim, oferecer uma melhor experiência aos consumidores”, explica Lívia Rigueiral, CEO e cofundadora da startup.

Confira quais são as principais dificuldades enfrentadas por eles e como o Homer ajuda a solucioná-los:

Falta de opções em sua carteira de imóveis

Uma das principais queixas dos corretores é a dificuldade em encontrar os imóveis com as características exigidas por seus clientes. A falta de informação, carteira de imóveis limitada e pouco contato com outros profissionais são alguns dos fatores que causam esse problema.

A Inteligência Artificial do Homer atua justamente nesse cenário. Por meio da plataforma, as informações publicadas pelo corretor com o cliente se cruzam com aquelas inseridas pelo profissional que tem o imóvel de forma gratuita e automática. Assim, é possível encontrar opções que se encaixam na procura dos clientes, fazendo sugestões mais acertadas e, assim, facilitando o processo de compra ou aluguel de um imóvel.

Insegurança na realização de parcerias profissionais

As parcerias imobiliárias são extremamente vantajosas já que ajudam a aumentar o número de imóveis na carteira dos corretores, dando mais opções aos clientes ao unir a sua carteira e a do seu parceiro, ampliando as possibilidades de fechamento dos negócios. Porém, a insegurança de não receber a comissão é um dos principais fatores que impedem a realização de conexões entre os profissionais.

Diante disso, o Homer criou o programa de comissão garantida, que garante o recebimento para as duas partes envolvidas no processo. “Pensamos em uma ferramenta que garanta que os corretores dos dois lados recebam suas partes da comissão de todas as vendas intermediadas pela plataforma. Esse fator oferece mais confiança e segurança para realização de parcerias entre os profissionais”, conta Lívia.

Soluções tecnológicas que os tiram da jogada

A concorrência com as atuais plataformas tecnológicas também dificulta o sucesso das negociações dos corretores. Isso porque essas ferramentas têm aproximado cada vez mais compradores/inquilinos aos proprietários dos imóveis diretamente, excluindo os profissionais de todo o processo de negociação.

O Homer vai na contramão dessa tendência, uma vez que é voltado exclusivamente para os corretores imobiliários. A ferramenta foi pensada para oferecer uma solução completa, com o intuito de empoderá-los e otimizar suas rotinas de trabalho.

Administrar o tempo e visitas

Ser um corretor autônomo implica em possuir diversas habilidades e responsabilidades, participar e acompanhar todos os processos que envolvem o relacionamento e negociação de venda com cliente. Muito dos profissionais, no entanto, possuem dificuldades em administrar essa rotina.

Por ser uma ferramenta online, o Homer auxilia os corretores ao possibilitar a inclusão de informações e busca por novas parcerias a qualquer hora e lugar. “Grande parte dos corretores fazem o próprio horário. Com o Homer, os profissionais podem gerenciar seu tempo de trabalho e buscar por parcerias no momento que for melhor para eles”, explica Lívia.

Tags, , ,