Trutec promove tecnologia sustentável na Construção Civil

Trutec promove tecnologia sustentável na Construção Civil

maio 11, 2021 Comentários desativados em Trutec promove tecnologia sustentável na Construção Civil By admin

A empresa moderniza o setor com soluções que maximizam a produtividade, evitam o desperdício e priorizam a ética social

Primeiro Hub de tecnologia na construção civil do país, a Trutec participa ativamente do desenvolvimento da indústria tendo as práticas sustentáveis como seu princípio de atuação. Com um modelo de negócios diferenciado, focado na saúde das edificações, a empresa oferece soluções completas que atendem, em critérios personalizados, a necessidade dos clientes de forma eficiente.

“A tríade tecnologia, inovação e sustentabilidade traz uma oportunidade viável de crescimento para o mercado”, diz Alexandre Quinze, CEO da Trutec. Segundo pesquisa da Global Construction Sustainable Materials Market – Analysis and Forecast (2017-2026) (Materiais Sustentáveis ​​de Construção Global – Análise e Previsão (2017-2026), realizada pela BIS Research, o mercado global de materiais sustentáveis ​​de construção deverá crescer 11,6% ao ano e atingir US ﹩ 523,72 bilhões até 2026.

Não se trata mais de trabalharmos para gerar benefícios financeiros apenas. Claro que estamos trabalhando também para isso, mas acreditamos que o direito de existir das organizações inseridas nessa nova economia deve estar ligado diretamente ao impacto positivo que elas causam na sociedade.

As empresas devem, evidentemente, estar preocupadas com a concorrência, mas devem também e principalmente manter o foco nos stakeholders que fazem parte de sua cadeia de valor. Desde o que extraímos da natureza, passando pelos nossos parceiros fornecedores, colaboradores, clientes, acionistas, sociedade e até o que devolvemos e como devolvemos à natureza (nossos resíduos).

Entre os benefícios significativos estão a redução de emissões, o menor consumo de energia, a reciclagem e o reaproveitamento dos materiais. “Acreditamos na perpetuidade da geração de valores. E isso significa que partimos do princípio da sustentabilidade para oferecer soluções. Não se trata de incluí-la como parte do processo, mas de compreender que ela deve ser o ponto de partida. Nossas práticas enfatizam o uso inteligente dos recursos e demais aspectos que promovem uma agenda social e econômica positiva”, afirma Quinze.

Ainda sobre o tema de sustentabilidade, acreditamos que a própria natureza seja sustentável e capaz de se recompor dos danos causados a ela até um limite. Qualquer atividade humana causa impacto. A tecnologia deve ser pensada em melhorar o processo humano, resolver problemas e minimizar esse impacto.

Ailton Krenak, líder indígena e ambientalista, uma das grandes vozes do IT Fórum 2021, explica que “Nos descolamos do corpo da Terra. Fizemos um divórcio, acreditando que poderíamos viver por nós mesmos. Com uma condição: extrair, dominar, explorar tudo o que vem de Gaia. Nos divorciamos desse organismo que nos abriga, mas estamos a todo instante a usurpá-lo”,

Seguindo o pensamento de Krenak, a Trutec enfatiza o quanto é fundamental ter a tecnologia como a mola propulsora da sustentabilidade, que não deve ser mais entendida como um conceito, mas sim estar relacionada com tudo o que é oferecido, contribuindo para um desenvolvimento saudável que consiste em iniciativas com vistas a longo prazo.

Segundo a Green Building Council Brasil, organização sem fins lucrativos presente em 80 países com a missão de transformar a indústria da construção civil e a cultura da sociedade em direção à sustentabilidade, um projeto de construção sustentável médio é capaz de reduzir em 40% o uso de água, 35% a emissão de gás carbônico e 65% o desperdício.

“Investimos cada vez mais em soluções, vindas de construtechs e proptechs, focadas em gerar valor. Em todas as etapas da cadeia, desde o planejamento até o desenvolvimento e no pós-entrega, buscamos oportunidades para melhorar a experiência dos clientes promovendo ações que refletem em toda a sociedade”, ressalta Quinze.

Comments are closed