Startup cresce 50% ao mês com aquecimento do setor imobiliário

Startup cresce 50% ao mês com aquecimento do setor imobiliário

Com o mercado imobiliário aquecido, a startup Hent, que automatiza a gestão de recebíveis das vendas de terrenos em loteamentos imobiliários, tem crescido 50% ao mês, desde março deste ano.  Hoje, mais de 700 contratos de lotes são gerenciados pela plataforma e a expectativa é que esse número suba para 4 mil até dezembro deste ano.  

O que explica esse otimismo, segundo a empresa, é o fato de a pandemia ter acelerado as vendas das loteadoras e despertado a necessidade da digitalização nessas empresas.

“Na pandemia, a grande procura por imóveis com espaços abertos amplos e as baixas taxas de juros do crédito imobiliário impulsionaram a venda de terrenos em loteamentos residenciais. Aliado a isso, as loteadoras e incorporadoras estão investindo em tecnologia para agilizar seus processos internos e de negócio”, diz o CEO da Hent, Leo Pinho.

A tecnologia da Hent, fundada há um ano, auxilia as loteadoras a reduzir custos operacionais, melhorando a eficiência financeira. Segundo Pinho, um loteador leva anos para desenvolver um novo empreendimento porque geralmente seu fluxo de caixa é baixo e o custo operacional é alto.

“Na maioria dos casos, o loteador precisa esperar muitos meses – ou até anos – para ter o recurso financeiro necessário para lançar um novo empreendimento. Nós ajudamos a acelerar essa engrenagem”, comenta o executivo.

Sediada em Recife (PE), a Hent foi fundada em Agosto de 2019, por David Aragão (fundador da Motonow, empresa de delivery vendida em 2015 para a Loggi), Leo Pinho (fundador da Kaplen, fintech comprada pelo Itaú em 2015) e Thiago Diniz (fundador da Eventick, startup de eventos adquirida pela Sympla em 2016).  

Comments are closed