Viver Incorporadora apresenta resultados do segundo trimestre de 2022 e registra lucro de R$ 17,9 milhões

Viver Incorporadora apresenta resultados do segundo trimestre de 2022 e registra lucro de R$ 17,9 milhões

A Viver Incorporadora e Construtora, acaba de anunciar os resultados do 2T22 e consolidados do começo do ano até o momento. Segundo dados em relatório, a empresa viu seu lucro alcançar o número de R$ 17,9 milhões, o primeiro após a saída de recuperação judicial da companhia. Além disso, o desempenho operacional continua crescendo exponencialmente com aumento de 48% nas vendas brutas, totalizando R$ 21,8 milhões e a receita líquida cresce 95%, representando R$ 26,7 milhões. Já quanto à carteira de recebíveis, o trimestre finalizou com um total de R$ 45 milhões, um aumento de 34% em relação ao período anterior. 

O desempenho positivo da companhia foi sustentado pelas vendas e lançamentos importantes, em diversos segmentos, como econômico e de médio-alto padrão. Além da aquisição dos chamados ativos alternativos (obras inacabadas) em todo o Brasil. “Ao final dos últimos meses o estoque da companhia esteve composto por 468 unidades. Sendo 50% delas pertencentes ao segmento médio padrão e 26% ao médio-alto, números alinhados com a nossa estratégia de empresa”, afirma Ricardo Piccinini, CEO da Incorporadora Viver. 

Entre as entregas que marcaram o período estão o Nova Fama Club Residence (GO), o Total Life (PA), o São Leopoldo (RS) e Park 183 Ibirapuera (SP). Este último localizado na Vila Mariana, região privilegiada de São Paulo, com VGV estimado de R$ 16 milhões e primeiro empreendimento lançado pela Solv, empresa especializada em ativos alternativos da Viver. da Viver. 

“Os bons números da Viver mostram que estamos não somente voltando ao ciclo normal de incorporadora, mas também que a nova estratégia de negócio junto a todos os demais projetos encabeçados estão dando certo. Queremos continuar buscando crescimento da companhia, mas não a qualquer custo, sempre aliando rentabilidade a responsabilidade”, afirma Piccinini.

Comments are closed