Wimoveis aponta crescimento de 7,3% no preço do m² em Brasília durante o primeiro semestre

Wimoveis aponta crescimento de 7,3% no preço do m² em Brasília durante o primeiro semestre

De acordo com o Wimoveis, maior portal imobiliário do Distrito Federal, nos seis primeiros meses do ano o preço do m² teve um aumento de 7,3% em Brasília. O relatório mensal de junho aponta que o valor médio de venda na região é R$ 10.760/m², o que representa um crescimento de 1,3% em relação ao mês anterior. Dessa forma, um imóvel padrão (65 m², dois quartos e uma vaga) em Brasília custa, em média, R$ 699 mil.

Em um ano, os preços dos imóveis subiram 12,4% em Brasília. O lugar onde o valor mais subiu foi a Zona Industrial de Guará (R$ 11.813/m²), com aumento de 20%. Guará I (R$ 5.548/m²) e em Areal (R$ 5.012/m²) completam a lista das três maiores valorizações, com crescimento de 19%. No Setor Hoteleiro Norte Brasília (R$ 9.391/m²), Riacho Fundo I (R$ 3.534/m²) e Ceilândia Centro (R$ 3.418/m²), houve queda de -13%, -8% e -5%, respectivamente.

Confira as regiões que, segundo o relatório do Wimoveis, possuem o m² mais barato e mais caro do Distrito Federal:

Mais barato (R$/m²)Variação MensalVariação Anual
Setor Habitacional Contagem (Sobradinho)2.3561,3%4,9%
Área de Desenvolvimento Econômico (Águas Claras)2.572-1,8%S/D
Grande Colorado (Sobradinho)2.7800,3%13,1%
Mais caro (R$/m²)Variação MensalVariação Anual
Superquadra Noroeste (Brasília)13.2020,8%S/D
Lago Sul (Brasília)13.537-0,5%S/D
Setor De Clubes Esportivos Sul (Brasília)14.5293,3%8,2%

Preço médio do aluguel cai 0,2%

O Wimoveis mostra que o preço médio do aluguel no Distrito Federal é R$ 2.731/mês, o que representa uma pequena queda de 0,2% em relação a maio. No primeiro semestre, houve um crescimento de 3,4% nos preços dos aluguéis e nos últimos 12 meses o aumento foi de 1,8%.

Entre junho de 2020 e junho de 2021, as regiões que mais registraram aumento nos preços foram Samambaia Sul (R$ 1.212/mês, +17%), Centro de Taguatinga (R$ 1.186/mês, +18%) e Samambaia Norte (R$ 1.249/mês, +19,5%). As maiores quedas ocorreram no Centro de Guará (R$ 1.447/mês, -7,4%), Setor de Hotéis e Turismo Norte (R$ 4.030/mês, -6,6%) e Cruzeiro Velho (R$ 1.933/mês, -2,4%).

Na tabela estão os locais onde o aluguel é mais barato e mais caro:

Mais barato (R$/m²)Variação MensalVariação Anual
Ceilandia Norte (Ceilândia)1.0250,9%-0,6%
Ceilandia Sul (Ceilândia)1.0991,4%-1,2%
Taguatinga Norte (Taguatinga)1.1581,5%9,8%
Mais caro (R$/m²)Variação MensalVariação Anual
Noroeste (Brasília)3.5181,0%11,2%
Setor de Hotéis e Turismo Norte (Brasília)4.030-3,5%-6,6%
Setor Hoteleiro Norte (Brasília)4.951-1,5%-1,5%

Rentabilidade

O índice de rentabilidade imobiliária relaciona o preço de venda e valor de locação do imóvel para verificar o tempo necessário para recuperar o dinheiro utilizado na aquisição do imóvel. No relatório de maio, o índice se manteve em 4,2%. Dessa forma, são necessários 23,7 anos de aluguel para obter o valor investido na compra do imóvel, 10,8% a mais que há um ano.

Veja onde encontrar os índices de rentabilidade mais altos e baixos: 

Mais rentáveis%
Setor Hoteleiro Norte9,7%
Vicente Pires7,8%
Jardins Mangueiral6,8%
Menos rentáveis%
Ceilândia Centro4,7%
Guara II4,6%
Sudoeste4,4%

Comments are closed