Tag Archive construção civil

Toda crise traz oportunidades. Para a construção civil também

Por Sandro Sadao Nagata

De forma gradual, a pandemia trouxe três realidades que impactaram a grande maioria dos segmentos: a preocupação extra e necessária com a saúde pública, a redução da demanda de compra e a paralisação das atividades. O impacto econômico e social da Covid-19 atinge também a construção civil, por mais que o setor tenha sido classificado como serviço essencial em algumas cidades brasileiras. 

Em um período usual, a construção de um empreendimento depende de colaboradores, desde os engenheiros e arquitetos que projetam e supervisionam o andamento da obra, até pedreiros, eletricistas, carpinteiros, encanadores e outros profissionais que colocam a mão na massa. Depende ainda de fornecedores, que precisam cumprir os prazos estabelecidos com os materiais corretos, na quantidade solicitada. A junção de todas as etapas segue um cronograma planejado minuciosamente, para atender às expectativas dos clientes quanto ao prazo, a qualidade e a segurança do empreendimento.

Neste momento atípico, a pandemia exige uma adaptação rápida e eficaz do cronograma, do plano de trabalho e das estratégias, para manter o compromisso assinado com o cliente e a perenidade da marca. Na maioria das construtoras, o quadro de colaboradores e as atividades do dia a dia tiveram que ser reorganizadas, seguindo as determinações dos órgãos da saúde. Muitos trabalhadores, peças fundamentais dos projetos, deverão permanecer em casa por mais um tempo ainda para amenizar os riscos. Em relação aos suprimentos, estamos trabalhando em acordos comerciais que visem melhorar cada vez mais a gestão do caixa e a eficiência operacional. É preciso avaliar a redução de custos de acordo com a produtividade, minimizando desperdícios e otimizando os produtos.

Na área da engenharia, por exemplo, é possível trabalhar com uma gestão integrada, utilizando o recurso do Building Information Modeling (BIM), ou modelagem de dados de construção. A tecnologia permite integrar todas as áreas envolvidas no projeto em uma única plataforma, que reúne informações relativas às etapas produtivas, em um modelo tridimensional. Assim é possível melhorar o orçamento, planejamento e diminuir as incompatibilidades entre os projetos, com o intuito de reduzir as assistências técnicas e, assim, aumentar a satisfação do cliente. 

A gestão ágil faz com que seja possível decidir e aplicar uma estratégia rapidamente. Com a ajuda da tecnologia adequada, a reorganização do projeto devido à uma pandemia torna-se um desafio viável e possível de alcançar. Outro ponto importante é o comprometimento e a dedicação em todos os níveis do processo, para assegurar um resultado final positivo, o que só é possível quando este cultura já está inserida na empresa. E isso faz toda a diferença em um momento de crise. 

O compromisso com o cliente deve seguir preservado, para seguir com a construção de planos, metas e sonhos. Em qualquer negócio é preciso saber frear, para acelerar novamente em momentos oportunos. A prioridade agora é se preparar para a retomada. Como em outras crises, essa também vai passar, trazendo muitas oportunidades.

Sandro Sadao Nagata, diretor executivo da A.Yoshii Engenharia

Tags, , ,

Rodada de negócios, em Curitiba, indica aquecimento na construção civil

O Sebrae/PR recebeu 143 empresas – entre fornecedores, prestadores de serviços e até grandes indústrias, para mais uma rodada de negócios voltados à construção civil, uma das atividades que mais sentiu o peso da recessão econômica nos últimos anos. O número de participantes representa um aumento de 15% em relação ao encontro do ano passado, o que indica que o setor tem pavimentado o caminho para uma retomada.

“As grandes empresas trouxeram tabelas de preços diferenciadas, o que é uma grande vantagem. O setor sofreu com a crise e quem está conseguindo os maiores acessos são aqueles que têm produtos inovadores, de alta performance, com sustentabilidade e preço competitivo”, avalia a consultora do Sebrae/PR, Adriana Kalinowski. A rodada foi realizada nos dias 18 e 19 de junho, em Curitiba, em parceria com a Fecomércio PR e a Associação dos Comerciantes de Material de Construção de Curitiba, região metropolitana e litoral (Acomac – Grande Curitiba).

E se é nos momentos de crise que o bom negociador aparece, Jair Bersagui, gerente comercial da Tintas Alessi, de Mandirituba (PR), estava decidido a voltar não só com a carteira recheada de cartões, mas com negócios fechados. Após mais de 30 reuniões, ele conta que o resultado da fábrica deve superar em até 30% o do ano passado.

“Oferecemos descontos adicionais, entre 5% e 10% além do que já temos feito, e trouxemos a proposta de dar uma bicicleta a cada R$ 7.500 em compras. Com esses prêmios, o lojista pode fazer a divulgação, o que é muito bem aceito. E é importante que esses preços sejam feitos somente aqui, para que as lojas aproveitem e consigam recuperar um pouco suas margens. Quem não veio, perdeu”, comenta.

O empresário Ademilson Milani, da Milani Materiais de Construção, de Curitiba. fechou negócio em 80% das reuniões agendadas na rodada – e o aproveitamento ainda pode melhorar. “Em alguns estandes marcamos para analisar e confrontar as ofertas com outros fornecedores. Isso é importante, principalmente, para o pequeno comerciante, que ganha mais fôlego para fazer pedidos maiores. Conseguimos até 10% de desconto em algumas indústrias e mais prazo para pagamento, em outras”, comeplementa.

O coordenador de vendas da Votorantim no Paraná, Pedro Chagas, acrescenta que, além de condições mais atrativas, o fator inovação pesa no momento de fidelizar a clientela. “Voltamos com o cimento de 25kg, que facilita o manuseio e traz menos desperdício. Focamos mais agressivamente nos produtos novos, para alavancar os lançamentos no mercado. É importante participar pelo ganho total da cadeia, não só em relação a negócios, mas em relacionamento com os clientes. Nosso objetivo era esse e fomos muito felizes”, opina.

A inovação, aliás, foi um dos destaques da rodada em 2019.  Foi a primeira vez que as construtechs – startups especializadas em construção civil – participaram das negociações, desde que o evento foi lançado há cinco anos.

Para Ronaldo de Oliveira Júnior, engenheiro da Rewatt, de Minas Gerais, os dois dias foram uma vitrine que superou a expectativa. Os mineiros desenvolveram uma solução capaz de reduzir tanto o consumo de água quanto de eletricidade nos chuveiros, com um sistema que reaproveita o calor da água que iria pelo ralo para aquecer o banho. A tecnologia foi criada há dez anos, mas estava concentrada em projetos sociais de concessionárias de energia. A meta agora é expandir. “Queremos atingir o consumidor final e saímos com bons contatos. Em grandes companhias, para conseguir uns 20 minutos de conversa com um gerente comercial ou diretor, é muito difícil. Aqui, eles estavam ao nosso lado. Facilitou muito o contato e viabilizou parcerias e negócios”, afirma.

Fonte: Sebrae/PR

Tags, ,

Secovi-SP sedia 1º Fórum de Projetos para Incorporação e Construção

Durante o evento, que acontece dia 24/4, serão lançados os Manuais de Escopo- terceira edição. Inscrições abertas para participação presencial e também on-line para todo o Brasil

O Secovi-SP realiza no dia 24/4, das 8 às 13 horas, o 1º Fórum de Projetos para Incorporação e Construção. A iniciativa, da vice-presidência de Tecnologia e Sustentabilidade da entidade, tem o propósito de difundir informações e promover debate sobre o aprimoramento dos processos na elaboração de projetos de produtos imobiliários. Os interessados podem se inscrever para o evento, que acontecerá presencialmente na sede da entidade e também por transmissão simultânea para todo o Brasil.

Logo na abertura haverá o lançamento da terceira edição dos Manuais de Escopo de Contratação de Projetos e Serviços, trabalho coordenado pelo Secovi-SP há quase 20 anos. Os documentos foram atualizados para atender a Norma de Desempenho (ABNT NBR 15.575:2013) a partir da inclusão do capítulo Escopos para Atendimento à Norma de Desempenho, e também outras duas novidades: o Guia para utilização dos Escopos e Modelos de Memoriais Descritivos de projeto de edificações habitacionais para atendimento à referida norma. Os manuais estarão disponíveis no site www.manuaisdeescopo.com.br.

Nos últimos cinco anos, o site dos Manuais de Escopo tiveram 432 mil acessos, a emissão de 101,5 mil propostas e 55,5 mil consultas aos manuais, sendo que os campeões de acesso são os manuais de Arquitetura (33,8%), Elétrica (11,3%), Coordenação de Projetos (8,2%), Acústica (8%) e Estruturas (6,8%).

Um dos principais propósitos do trabalho coordenado pelo Secovi-SP com os Manuais de Escopo é a difusão do conhecimento junto aos profissionais com o intuito de elevar a qualidade dos projetos imobiliários, o que vem sendo alcançado. Afinal, profissionais de todos os estados brasileiros estão cadastrados na plataforma para acessar os documentos. No ranking, São Paulo (6.874), Minas Gerais (1.708) e Rio de Janeiro (1.654) são os estados com mais registros até março deste ano.

Programação do Fórum

A programação está dividida em cinco painéis com palestrantes experientes na temática de projetos imobiliários:

• Lançamento dos escopos de projetos e modelos de memoriais descritivos para atendimento à Norma de Desempenho, com Marcos Velletri (Secovi-SP) e Maria Angelica Covelo Silva (NGI Consultoria e Desenvolvimento);


• Necessidades de mudanças de práticas de mercado para contratação e desenvolvimento de projeto para a efetiva prática destes escopos, com Paulo Luciano Rewald (Secovi-SP) e Jorge Batlouni Neto (SindusCon-SP);


• O papel do projeto no desempenho de sistemas construtivos, com Maria Angelica Covelo Silva (NGI Consultoria e Desenvolvimento) e Constantino Bueno Frollini (Cerâmica City);


• Visão geral do processo de revisão da Norma de Desempenho e como o aperfeiçoamento a ser obtido afetará os projetos, com Fábio Villas Bôas (coordenador da Comissão de Estudos de Revisão da ABNT NBR 15575);


• A relação entre desempenho proporcionado pelo projeto, redução de custos para o incorporador/construtor e valor agregado pelos projetos à venda no mercado imobiliário, com Carlos Borges (Secovi-SP), Renato Genioli Júnior (SindusCon-SP), Augusto Pedreira de Freitas (ABECE), Sergio Kater (ABRASIP) e Edison Borges Lopes (AsBEA).

Formam o público-alvo do evento diretores, gerentes e coordenadores responsáveis pelo desenvolvimento de produto e projetos em incorporadoras e construtoras, titulares, coordenadores e profissionais de empresas de projeto, fabricantes de componentes e sistemas construtivos diretamente relacionados com o atendimento da Norma de Desempenho.

1º Fórum de projetos para incorporação e construção


Data: 24 de abril de 2019 (quarta-feira).
Horário: às 8h00 (credenciamento) e das 8h30 às 13 horas.
Local: Sede do Secovi-SP – Rua Dr. Bacelar, 1.043 – 2º andar – São Paulo/SP.
Informações e inscrições: (11) 5591-1306 ou pelo site.
Programa completo: clique aqui.
PQE: o evento conta 70 pontos no PQE (Programa Qualificação Essencial), do Secovi-SP.

Tags, , ,