Mercado de imóveis usados cresce 84,77% no trimestre no Estado de São Paulo

Mercado de imóveis usados cresce 84,77% no trimestre no Estado de São Paulo

Dados compilados pelo Kenlo mostram aumento nos contratos de aluguel e venda de usados nos primeiros três meses do ano

Dados compilados pelo PMI (Painel do Mercado Imobiliário), produzido pela Kenlo, revelam que o movimento do mercado de imóveis usados registrado na plataforma apresentou crescimento de 84,77% no estado de São Paulo, no primeiro trimestre deste ano, em relação a igual período de 2020. Em 2021, foram fechados 6.417 negócios, ante 3.473 no primeiro trimestre do ano anterior, entre vendas e locações.

Tanto capital quanto interior apresentaram crescimento alto, tendo no primeiro caso apresentado um crescimento de 86,08%, saltando de 2.674 negócios para 4.976. Já no interior, o crescimento foi de 80,35%, indo de 799 negócios, para 1.441.

Quando isolamos apenas imóveis voltados à habitação, como casas e apartamentos, o quadro se inverte. Nessa situação, verifica-se um crescimento de 74,65% de crescimento no interior, com volume de negócios de 3.992 no primeiro trimestre, ante 2.286 em igual período de 2020, enquanto na capital o crescimento foi de 60,11%, com 1.156 negócios em 2021, contra 722 em 2020. “Isso demonstra que as famílias têm buscado cada vez mais imóveis mais afastados da capital e, com relação a tipologia dos imóveis, a preferência de casas à apartamentos apesar dos valores atraentes destes.”, explica Denise Ghiu, especialista de mercado da área de inteligência do Kenlo.

PMI

O Painel do Mercado Imobiliário (PMI), criado pelo Kenlo, é uma iniciativa pioneira no Brasil e que proporciona o acompanhamento do mercado de imóveis usados com base em dados obtidos em tempo real, a partir de um ecossistema que contempla 7,2 mil imobiliárias e 44 mil corretores conectados à plataforma, de todas as regiões do país e que atendem a mais de um milhão de proprietários de imóveis. O PMI reúne uma amostragem do mercado imobiliário secundário de treze estados brasileiros nas cinco regiões. Mais detalhes sobre o PMI podem ser obtidos no site .

Comments are closed