Loft triplica compra de apartamentos com menos de 100 m²

Loft triplica compra de apartamentos com menos de 100 m²

A Loft, startup especializada em compra, venda e reforma de imóveis, começou a operar em agosto de 2018 focada em apartamentos de alto padrão e em bairros nobres de São Paulo. Ela só adquiria apartamentos com metragem a partir de 70 m2, sendo que menos de 10% destes tinha mais de 100 m2. No entanto, nos últimos três meses, a empresa intensificou sua atuação também com imóveis menores. Neste período a participação das aquisições com menos de 100 m2 subiu para 26%.

De agosto a outubro a Loft adquiriu 310 imóveis em São Paulo, 67% mais que os 186 comprados no trimestre anterior. Deste total de aquisições nos últimos três meses, 80 apartamentos têm menos de 100 m2, ante apenas 25 desta metragem comprados nos três meses anteriores. Um aumento de 223%, bem maior que os 67% de crescimento geral.

Na fatia de apartamentos ainda menores, de 25 a 49m2 – componente da faixa de menores que 100 m2 -, o crescimento foi ainda maior, na mesma comparação. Foram 12 nos últimos três meses ante 2 no período anterior (+500%). “Começamos comprando, reformando e vendendo apartamentos maiores; agora aprendemos também a precificar e reformar em escala e simultaneamente os imóveis menores”, conta Mate Pencz, Co-CEO e Founder da Loft.

O interesse por apartamentos pequenos deve continuar grande nos próximos meses: “Temos apetite para dobrar o atual ritmo de compra de apartamentos de menos de 100 m2 nos próximos 3 meses”, finaliza Pencz.

Comments are closed