Loft obtém US$ 175 milhões em financiamento de série C para reinventar o mercado imobiliário residencial na América Latina

Loft obtém US$ 175 milhões em financiamento de série C para reinventar o mercado imobiliário residencial na América Latina

A Loft, uma plataforma digital imobiliária baseada na América Latina que simplifica a compra e venda de imóveis residenciais, anunciou hoje que fechou US$ 175 milhões em financiamento de série C. A Vulcan Capital e a Andreessen Horowitz lideraram conjuntamente a rodada, com a participação de QED Investors, Fifth Wall Ventures, Thrive Capital, Valor Capital, Monashees, entre outros.

O mercado imobiliário residencial da América Latina é uma oportunidade avaliada em US$ 6 trilhões. No entanto, a falta de transparência dos dados e de um mercado consolidado contribui para listagens redundantes e de baixa qualidade, preços altos e prazos de venda excessivamente longos, criando uma experiência insatisfatória para compradores, vendedores e corretores.

Fundada em 2018 por um grupo de empreendedores em série e executivos experientes — entre eles, os fundadores e co-CEOs Mate Pencz e Florian Hagenbuch —, a plataforma digital da Loft simplifica a compra e venda de apartamentos, proporcionando organização, dados e eficiência aprimorados ao mercado imobiliário residencial. Ao combinar dados reais de transações com um modelo proprietário de aprendizagem de máquina, a Loft é capaz de precificar cada apartamento em seus mercados no nível da unidade, aumentando a liquidez e a transparência para compradores e vendedores.

“Nosso objetivo é reinventar a maneira como as pessoas mudam de casa, construindo o mercado imobiliário mais focado no consumidor”, declarou Mate Pencz, fundador e co-CEO da Loft. “Nossa última rodada de financiamento, que inclui vários investidores anteriores e novos, mostra que o crescente número de investidores globais reconhece a enorme oportunidade de mercado em imóveis residenciais situados em mercados emergentes e estão confiantes na viabilidade e escalabilidade de longo prazo de nossa plataforma habilitada por tecnologia para possibilitar transações imobiliárias eficientes.”

Desde sua fundação, a Loft já obteve um capital aproximado de US$ 275 milhões de “investidores anjos” como Max Levchin, do PayPal, Joe Lonsdale da Palantir, Mike Krieger do Instagram e David Vélez do Nubank; investidores globais de capital de risco como Vulcan Capital, Andreessen Horowitz, Fifth Wall Ventures, QED Investors e Thrive Capital; e fundos locais como Monashees, Valor Capital e Canary. A Loft é o primeiro e único investimento da Vulcan Capital na América Latina e o primeiro e único investimento brasileiro da Andreessen Horowitz.

“O crescimento exponencial da Loft ao longo do ano passado deixa claro que há uma enorme demanda no setor imobiliário por mais transparência e eficiência”, disse Alex Rampell, sócio geral da Andreessen Horowitz. “Vemos a abordagem tecnológica da Loft como uma oportunidade significativa de investimento, particularmente em mercados emergentes de rápido crescimento como a América Latina, e estamos entusiasmados por expandir nosso financiamento para ajudar a levar a inovadora plataforma da empresa a mais mercados da região.”

Rafael Costa, sócio geral da Vulcan Capital, acrescentou: “A Loft está criando uma fonte de verdade consolidada sobre os preços de estoque e transação que, até agora, esteve fundamentalmente ausente do mercado imobiliário latino-americano. Juntamente com as ferramentas de precificação inteligentes e altamente precisas da Loft, isso está transformando transações imobiliárias e fornecendo uma experiência inigualável ao cliente para vendedores, agentes e compradores.”

A Loft gerou mais de US$ 150 milhões em receita anualizada em seu primeiro ano completo de operação e, somente em 2019, realizou transações em mais de mil propriedades. A empresa planeja usar a última rodada de financiamento para sua expansão no Brasil e na América Latina, começando pelo Rio de Janeiro no primeiro trimestre de 2020, Cidade do México no segundo trimestre e várias outras cidades logo depois. Em dezembro, a Loft contratou Juan Pablo Ramos, ex-diretor de operações regionais da UberEats na América Latina, como gerente geral das operações da empresa no México.

A empresa também está se expandindo para novas categorias de produtos e planeja ampliar significativamente em 2020 suas linhas de produtos financeiros, incluindo hipotecas e seguros.

A Loft iniciou 2019 com 100 funcionários e elevou esse número para mais de 450, com planos de atingir mais de 550 no primeiro trimestre de 2020.

Comments are closed