Kenlo: mercado de imóveis usados cresce 99% na Bahia no primeiro semestre

Kenlo: mercado de imóveis usados cresce 99% na Bahia no primeiro semestre

Dados compilados pelo PMI (Painel do Mercado Imobiliário) produzido pela Kenlo revelam que o mercado de imóveis usados registrou crescimento de 98,86% no estado da Bahia no primeiro semestre de 2021, ante igual período do ano passado.

O resultado confirma a tendência de alta nos negócios, com crescimento ainda maior do que o apurado em 2020, quando o crescimento havia sido de 49% em comparação a 2019.

O interesse dos compradores e locatários também pode ser medido pelo aumento no número de visitas a imóveis disponíveis, que também registrou alta de 30% no semestre, com relação aos primeiros seis meses de 2020.

“O mercado de usados na Bahia encerrou o primeiro semestre com ótimo desempenho e com mais força no primeiro trimestre, o que pode ser explicado por um cenário de manutenção dos juros baixos naquela ocasião”, explica Denise Ghiu, especialista de mercado da área de inteligência da Kenlo. 
“No segundo trimestre, o mercado permaneceu estável e no mesmo patamar para fechamentos, propostas e visitas. Com uma mudança mais consistente na taxa de juros, no início do terceiro trimestre notamos maior tendência à negociação, pelo aumento do número de propostas e um movimento de agendamentos maior de visitas aos imóveis por conta da escolha mais criteriosa por parte das famílias”, completa a executiva.

PMI
O Painel do Mercado Imobiliário (PMI), criado pela Kenlo, é uma iniciativa pioneira no Brasil e que proporciona o acompanhamento do mercado de imóveis usados com base em dados obtidos em tempo real, a partir de um ecossistema que contempla 8 mil imobiliárias e 51 mil corretores, de todas as regiões do país e que atendem a mais de um milhão de proprietários de imóveis. O PMI reúne uma amostragem do mercado imobiliário secundário de treze estados brasileiros nas cinco regiões. Mais detalhes sobre o PMI podem ser obtidos no site .

Comments are closed