Fundos Imobiliários alavancam projeção para 2020

Fundos Imobiliários alavancam projeção para 2020

Durante esse ano, segundo estudo da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), os Fundos de Investimento Imobiliário (FII) atingiram a marca recorde de 1 milhão de cotistas. Os juros baixos, o crescimento do PIB e a praticidade no investimento são o pano de fundo da valorização dos FIIs. Para a TG Core Asset Management, empresa especializada na gestão de fundos de investimento com foco no mercado imobiliário, o ano também foi positivo e alguns fatores reforçam essa ideia, já que durante o período eles fizeram a 1ª oferta pública do TGAR11, elencaram a recomendação de cinco carteiras – Ativa, Necton, Terra, Dica de Hoje e Eleven e receberam análise com viés positiva da Desmitificando FII, da Suno Research e da Inversa Pub.

No início desse mês, a TG Core finalizou a oferta do fundo TG Ativo Real FII, consolidando um volume captado no valor de R﹩ 229.706.400,24, com adesão de mais de 3 mil novos investidores. Até então, o PL do fundo estava em torno de R﹩ 228 milhões, e com essa nova oferta, o volume sob gestão da TG Core dobrou. A empresa já havia se tornado um case de sucesso quando, em pouco mais de um ano, o TG Ativo Real FII conquistou uma posição no IFIX. “O fundo foi criado em agosto de 2017 e, aproximadamente após um ano, já estávamos no índice”, explica Diego Siqueira, CEO da TG Core.

Relevância e diversificação

Um dos principais pontos que colocam o TG Ativo Real FII em patamar de diferenciação é seu portfólio híbrido. “O produto tem investimentos diluídos em vários nichos do setor imobiliário. Isso nos permite diversificar as aplicações em momentos mais desafiadores, direcionando os recursos para mercados com maior oportunidade e gerando um equilíbrio nos investimentos”, afirma Diego.

Como resultado, a TG Core conseguiu maior relevância perante o mercado, com possibilidade de adquirir novos ativos e novos empreendimentos. “Ganhamos mais credibilidade e capacidade de rentabilidade. Essa visibilidade trouxe também mais cobrança do mercado no que diz respeito à performance do produto e obtenção de resultados. O zelo em relação a isso é constante”, diz Diego.

Mais investidores, mais investimentos

Segundo dados divulgados pela própria B3, a quantidade de pessoas que está investindo nos Fundos de Investimento Imobiliário cresceu mais de 150% entre 2018 e 2019, e o volume médio de negociação diária aumentou em mais de 82% no mesmo período.

Comments are closed