Franquias de lojas de conveniência invadem condomínios

Franquias de lojas de conveniência invadem condomínios

A valorização das lojas de conveniência, que estão se tornando a nova despensa de moradores de condomínio, é uma tendência impulsionada pelos novos hábitos de consumo pós-pandemia.

Segundo levantamento realizado pela consultoria britânica Ascential Retail, as Lojas de Conveniência foi o segmento com um aumento de vendas considerável neste período de pandemia – de 11,6%. Trata-se de um fenômeno mundial. Neste sentido, as vendas em lojas de conveniência no mundo em 2020 registraram o 3º maior crescimento entre as categorias do varejo – de 7,4%.

As pessoas em reclusão social estão cozinhando mais em casa, preferindo consumir em lojas de bairro, próximas de onde moram ou trabalham e consumindo de forma mais fragmentada, sem fazer grandes estoques. A busca é total por conveniência em condomínios.

Esses estabelecimentos 24h têm conquistado espaço no mercado brasileiro. Quem nunca precisou fazer compras em horários pouco convencionais? O cenário das lojas desse setor varejista tem passado por mudanças. São mais de 9,3 mil negócios ativos em todo país. Algumas dessas lojas têm sido abertas fora do ambiente tradicional de postos de gasolina, como em condomínios residenciais, área externa de shopping (estacionamento), prédio comercial e residencial, área rural.

Esse modelo de negócio está tomando conta do franchising. Foi pensando nisso tudo que a Mercadino, loja de conveniência 24h, que oferece alimentos e produtos diários, catalisou essa mudança de hábito. Em formato de container, porém com possibilidade para outras adaptações, a franquia foi criada na pandemia para atender clientes menos dispostos a sair de casa para fazer compras. Pelas suas características, a marca, 100% do Grupo Atnzo, ganha relevância ainda maior neste novo momento do consumidor, com um mix de produtos como itens para higiene; papel higiênico, detergente, álcool, desodorantes, pasta de dente, sabonete, shampoo, sabão em pó e muito mais.

Além da diversidade como pipoca de micro-ondas, açúcar, adoçante, sal, arroz, feijão, biscoitos, bolachas recheadas, chocolates, café em pó, óleo, leite, miojo, farinhas, fermento, leite condensado, creme de leite, e muito mais itens nessa linha.

“Já pensou em uma conveniência 24h dentro do seu condomínio? Nós levamos o container para dentro do seu condomínio, sem ter que subir ou quebrar nenhuma parede, em um espacinho pequeno disponível. Uma micro loja de conveniência para quem buscar atender a necessidade de praticidade. Estará à disposição 24 horas por dia uma variedade de itens importantes como refrigerantes grandes e pequenos, água mineral, cerveja, sucos, embutidos, manteiga, achocolatados”, diz a diretora executiva da holding de franquias Atnzo, Gislene Camacho.

O mercado de lojas de conveniência surgiu no Brasil em 1986. As lojas funcionavam dentro dos postos de gasolina e eram vistas como um negócio secundário, com o objetivo de criar uma receita adicional ao faturamento destes postos. A partir do momento em que se nota um representativo aumento na receita destas lojas, percebe-se uma grande oportunidade de crescimento e desenvolvimento deste negócio. Com isso, os proprietários destas lojas apostaram em investir em um número maior de utilidades, de forma a estabelecer um relacionamento mais próximo com o cliente. O resultado é o crescimento significativo deste mercado e a diversidade do local de implantação.

Com os hábitos de consumo mudando e o consumidor sempre em busca de negócios que entreguem suas necessidades no melhor estilo on demand, as lojas de conveniência que funcionam 24 horas por dia são ótima aposta de investimento e por ser franquia traz 100% de segurança.

Comments are closed