Estudo do Imovelweb sinaliza o perfil dos escritórios do futuro

Estudo do Imovelweb sinaliza o perfil dos escritórios do futuro

Após vivermos uma mudança de hábitos em todos os ambientes que frequentamos, existe uma dúvida de como serão os locais de trabalho daqui para frente. Com intuito de entender o que os profissionais do mercado imobiliários pensam sobre o assunto, o Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do País, lançou uma pesquisa com seus clientes, para saber suas projeções sobre o futuro dos locais empresariais. 

Nessa amostra, 51% são imobiliárias45% corretores autônomos e 4% são construtoras ou incorporadoras. Na visão de 90% desses executivos, a pandemia acelerou os processos de transformação digital no setor imobiliário. Para 81% deles, os escritórios passarão por mudanças após a pandemia; 15% acreditam que as alterações serão momentâneas. 

Muitos dizem que as empresas terão menos espaços físicos de trabalho do que tinham anteriormente, pois a maioria dos colaboradores estará em home office ou trabalhará em turnos alternados (74%). Outros avaliam que as companhias vão buscar novos espaços de trabalho para distribuir melhor os funcionários (15%). 

Sobre as principais mudanças que devem acontecer nos espaços de escritório, 46% dos entrevistados entendem que haverá adaptações em todas as áreas; 41% supõem que haverá alteração somente em locais onde os funcionários costumavam trabalhar a uma distância inferior à recomendada atualmente, gerando assim, uma redistribuição de lugares. Outros 13% enxergam alterações apenas nas áreas comuns a todos os funcionários. 

Para adaptar os espaços colaborativos à situação atual, 28% acreditam que os espaços serão reduzidos. Para27% dos clientes ouvidos, os coworkings vão ganhar mais força. Alguns entendem que as empresas buscarão salas mais amplas e com melhor ventilação (19%). Outros 10% dos entrevistados acreditam que será muito comum a instalação de divisórias entre as mesas dos funcionários para criar uma barreira protetora. 

Como serão os escritórios no futuro? Segundo 54% dos clientes que participaram da amostra, a utilização de coworking e horários flexíveis deverão permanecer, mesmo após a situação se normalizar. Outros 36% creem que, por um período, o trabalho remoto será uma realidade, porém, com a situação normalizada, as empresas voltarão a ocupar espaços físicos como antes. Outros 5% veem a volta do trabalho em cubículos individuais e separados dos demais funcionários, e 4% acham que as empresas ampliarão os ambientes para redistribuir funcionários. 

Dentre as percepções de como serão os novos ambientes de trabalho, 47% dos entrevistados avaliam que os locais serão mais arejados; 17% acreditam que se tornarão mais amplos; 16% dizem que poderão ser mais aconchegantes, enquanto 14% apostam em salas de reuniões menores. 

Comments are closed