Empreendimentos de luxo crescem em São Paulo

Empreendimentos de luxo crescem em São Paulo

Se Nova York lidera a lista das 48 melhores cidades do mundo, na pesquisa divulgada pela revista “Time Out” depois de ouvir 33.706 pessoas, São Paulo é a primeira cidade brasileira que aparece no ranking, na 26ª posição. A maior cidade de América Latina atrai moradores pela infraestrutura, facilidade de acesso, opções culturais e de lazer, bares e restaurantes – e claro, pelos empreendimentos imobiliários.

Com melhor localização, valorização e liquidez, apartamentos de luxo com valores superiores a R$ 1,5 milhão foram os que registraram maior aumento em 2018, com variação de 142% em relação ao ano anterior, sendo que as vendas cresceram 92% nesse mesmo período, segundo dados do Secovi-SP. Já no primeiro trimestre de 2019, as vendas de imóveis de alto padrão fecharam com alta acumulada de 13%, de acordo com o Conselho Regional de Corretores de Imóveis.

Tais empreendimentos também têm maior potencial de renda e são uma boa opção para investidores que buscam segurança e alta rentabilidade. Fatores como localização nobre, tecnologia, áreas privativas, área de lazer completa e segurança influenciam no preço e garantem valorização. De olho nesse mercado, a construtora Trisul volta ao mercado de alto luxo com um empreendimento localizado em frente ao Parque Ibirapuera.

Oscar Ibirapuera

Com preço médio a partir de R$ 28 mil o m², o Oscar Ibirapuera é um projeto de altíssimo padrão, com design pensado para proporcionar bem estar e uma experiência diferenciada. Com foco em um público que procura exclusividade, todos os detalhes, materiais e acabamentos foram pensados e escolhidos minuciosamente.

“O projeto foi conceituado como uma obra de arte, que respeita e conversa com o Ibirapuera, como se fosse uma extensão do Parque. Por isso, o design, as curvas e cada detalhe do empreendimento tiveram o parque como inspiração”, revela Lucas Araujo, superintendente de marketing da Trisul.

Segundo Araújo, outro diferencial do projeto está na escolha dos parceiros. “Tivemos como parceiros o escritório global de arquitetura Perkins & Will, o paisagismo do Benedito Abbud e o Interiores da Fernanda Marques arquitetos associados”, complementa.

Vista surpreende

Um dos maiores desafios foi encontrar um espaço com vista eterna para o Ibirapuera. “Devido a escassez de terrenos e impossibilidade futura de haver um terreno igual nessa região, o desafio foi incorporar um projeto atemporal, que explorasse o conceito do design biofílico, linhas orgânicas e inspirações nos principais atributos do parque Ibirapuera”, conta Araújo. O empreendimento possui duas torres e 56 unidades todas com vista direta para o parque. São apartamentos de 3 e 4 dormitórios, com suítes, além de um depósito privativo e 3 e 4 vagas de garagem.

O terreno onde o Oscar Ibirapuera será construído possui 3.516,32 m² e fica na Avenida República do Líbano. Para toda a família, o residencial terá estrutura completa de lazer, com atrativos como piscina, piscina com raia de 25m, solarium, sauna seca e úmida, fitness, sala de pilates, bicicletário, sala de jogos, salão de festas, playground e briquedoteca. Com VGV estimado em R$ 270 milhões, a Trisul vendeu 36 das 56 unidades do Oscar Ibirapuera no dia do lançamento do empreendimento.

Comments are closed