Compartilhar informações é fundamental para o desenvolvimento da Construção Civil, diz executiva da Matec Engenharia

Compartilhar informações é fundamental para o desenvolvimento da Construção Civil, diz executiva da Matec Engenharia

“O Brasil tem avançado muito em termos de inovação nos canteiros de obras, mas o fato é que há ainda muito espaço para aprender e desenvolver”. A opinião é da vice-presidente da Matec Engenharia, Marcela Milano, que falará sobre “Racionalização Construtiva: Inovações de engenharia que promovem a transformação do canteiro de obras em centrais de montagem”, durante a Smart.Con – Conferência e Exposição de Tecnologias para o Futuro da Construção, com foco em inovação para os setores de Engenharia, Infraestrutura, Real Estate e Rental, que acontece nos dias 17 e 18 de junho, no São Paulo Expo. 

“Na Matec estamos, há 30 anos, trabalhando com a inovação em nosso DNA. Então, as nossas obras já são feitas utilizando tecnologias que até algumas décadas atrás eram consideradas improváveis”, diz Marcela. “Para nós a distância entre improvável e impossível é muito pequena”. 

De acordo com a executiva, a empresa arrisca, estuda e “vai lá fora ver o que está acontecendo e de que forma podem, junto com todo o mercado, melhorar em termos de produtividade”. Sem o pensamento em rede, essa mudança não é possível. Foi assim quando trouxemos o BIM e é assim hoje, quando temos um processo cada vez mais industrializado, inteligente e ágil”. 

Ainda de acordo com a executiva, é justamente essa mudança de mentalidade e abertura para o novo em toda a cadeia que vai permitir que o setor da construção civil alcance níveis cada vez mais altos em excelência e utilização de toda a tecnologia existente. “Por isso estamos investindo no compartilhamento de informações com nossos parceiros e colaboradores, por exemplo. Contamos o que aprendemos, falamos sobre o que tem dado certo. Queremos que todos, juntos, consigamos mudar a mentalidade atrasada e convencional que não tem mais espaço para se manter no mundo atual”. 

Marcela conlui que “ou a gente entende que precisa de inovação ou a gente fica para trás. Neste sentido a Matec quer estar, junto com nossos colaboradores, parceiros e fornecedores, sempre na frente, protagonizando essas mudanças — mas, além disso, para nós é importante trazer todo o mercado para atuar, conosco, com esse mesmo compromisso.”

Comments are closed