Category Archive material de construçãoi

A digitalização e a evolução tecno científica para construção digital

A digitalização atingirá a construção civil, incluindo a cadeia de materiais cimentícios, com ganhos de produtividade e redução de impacto ambiental. E a introdução da produção digital em países em desenvolvimento passa pelo desenvolvimento de soluções específicas às condições sociais, à disponibilidade de recursos econômicos para investimento e ao atual estágio de desenvolvimento tecnológico.

O setor cimenteiro tem atuado forte e conjuntamente com a cadeia produtiva e o universo acadêmico na busca de soluções, alternativas e projetos inovadores a fim de apoiar o país no desenvolvimento econômico e social através de uma infraestrutura mais adequada e mais moderna que garantam o bem-estar dos brasileiros.

O recente lançamento do hubic – o primeiro espaço cooperativo de inovação e construção digital de base industrial do Brasil – reforça a vocação da indústria do cimento em Inovação e assegura seu papel de protagonismo e vanguarda acompanhando a transformação global com a Quarta Revolução Industrial – popularmente conhecida como Industria 4.0.

Além dessa iniciativa também estão previstas a inauguração de um espaço de Coworking, para a elaboração de pesquisa e desenvolvimento de empresas da cadeia de valor, grupos desenvolvendo soluções consideradas promissoras e startups; a criação de uma plataforma de construção digital através do compartilhamento de infraestrutura laboratorial multiuso com capacidade de produção/impressão digital 3D de componentes cimentícios e edificações na escala 1:1; o desenvolvimento de atividades de educação continuada (EaD) on-line voltadas para inovação e Indústria 4.0 e a criação da Cátedra Ary Torres para atrair profissionais de ponta do mundo para coordenar plano de atividades, educação, pesquisas e inovação, além promover atividades de transferência de conhecimento e tecnologia a partir de experiências internacionais

Além do mais, haverá a promoção de Consórcios de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação com objetivos específicos, explorando a sinergia produzida pelo acordo de cooperação técnica assinado recentemente com a USP.

O Acordo de Cooperação Técnica – USP e ABCP / SNIC
A Universidade de São Paulo (USP), por meio da Escola Politécnica (Poli), a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) e o Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC) assinaram, na tarde do último dia 3 de setembro, um acordo de cooperação técnica que tem como objetivo acelerar a transição da construção civil para uma economia digital e circular, por meio de soluções inovadoras, competitivas, com baixa pegada ambiental e de alta produtividade e qualidade.

Para sua implementação, o hubic já tem assegurado R﹩ 8 milhões em investimentos e será instalado em espaço compartilhado entre a USP e a ABCP, interligado ao campus da Universidade, em São Paulo.

O projeto será conectado ao Centro de Inovação em Construção Sustentável (CICS USP), um ecossistema de empresas e academia dedicado a promover a inovação, a sustentabilidade e a produtividade na construção civil.

“Vivemos um tempo de múltiplos desafios, nos âmbitos ambiental, concorrencial e institucional. A indústria de cimento tem se mostrado capaz de enfrentar esse mundo complexo, tanto dentro de suas fábricas, quanto nas diversas aplicações do cimento. O acordo com a USP está inserido nessa lógica. Se, por um lado, o convênio resgata uma história construída ao longo de décadas, por outro, ele projeta o elemento inovação como variável de importância crescente para que nossa indústria continue gerando valor e qualidade de vida para toda a sociedade”, afirma o presidente da ABCP/SNIC, Paulo Camillo Penna.

Ainda segundo o executivo, a digitalização atingirá a construção civil, incluindo a cadeia de materiais cimentícios, gerando ganhos significativos de produtividade e redução de impacto ambiental.

Para absorver esse processo evolutivo, a USP e a ABCP reúnem expertises e ações que, somadas, cuidarão de alavancar a produção digital de componentes e a transferência de conhecimento e tecnologia para toda a cadeia produtiva da construção e sociedade.

“O hubic é uma iniciativa que traz a tecnologia da indústria 4.0 para os componentes da construção civil e de infraestrutura, fruto da união da academia, da indústria e dos órgãos públicos e privados, trazendo a tecnologia de ponta para a melhor eficiência das obras, otimização dos materiais, economia e sustentabilidade, beneficiando a indústria e a sociedade”, destaca a diretora da Poli, Liedi Legi Bariani Bernucci.

Tags, , ,

Portinari apresenta novo site com navegação rápida, prática e acessibilidade para pessoas com deficiências visuais e auditivas

Os lançamentos apresentados pela Portinari na EXPO REVESTIR 2019 vieram acompanhados de mais novidades. A marca acaba de lançar seu novo site inspirado na beleza e no universo Portinari, repleto de emoções e despertar de histórias. A nova versão da plataforma traduz a mesma essência da marca já incorporada aos produtos. A repaginação é assinada pela agência House Cricket, de Curitiba. “Nossa expectativa com o novo site é apresentar os produtos de forma moderna tanto para o consumidor final quanto para o especificador. A acessibilidade é outro ponto de destaque na nova versão já que nós somos a única empresa que apresenta em seu site acessibilidade para pessoas com deficiências visuais e auditivas”, comenta Gelcy Torquato, diretor de marketing da Portinari.

As principais funções da home foram pensadas para promover uma atmosfera de navegação fácil, simples e intuitiva. Até mesmo as informações institucionais ganharam nova roupagem, e uma linha do tempo que permite conhecer e acompanhar a trajetória de sucesso da empresa.

A sofisticação e a riqueza dos detalhes das coleções Portinari podem ser percebidas e sentidas através de diversos filtros para auxiliar o usuário na busca do revestimento ideal. É possível encontrar um produto por finalidade de uso, como áreas internas e externas, formatos, cores, estilo visual e, claro, por coleções. Todos os produtos são apresentados de forma ambientada, facilitando a visualização do público e com as informações técnicas necessárias para a escolha em uma única página.

Especificadores receberam atenção especial com um menu de funcionalidades diversas para auxiliar na elaboração de seus projetos, além de uma página com todos os arquivos para download, como catálogos, manuais, imagens de produtos e arquivos em 3D warehouse para composição de projetos. Com forte atuação, as redes sociais também ganharam destaque por meio do Social Wall, um painel que concentra as últimas publicações das redes sociais. Espaço de pura inspiração.

Inovando mais uma vez com tecnologia e cuidado com o cliente, a Portinari quer abraçar todos os públicos apreciadores de seus produtos, por isso, apresenta em primeira mão recursos de acessibilidade que permitem as pessoas com deficiências visuais, pessoas com baixa visão e audição, tenham total acesso aos conteúdos e ferramentas do site. Indo além, a marca pensou em seus consumidores idosos, não fluentes na escrita de um idioma, internautas novos ou pouco frequentes. “O site conta com recursos de acessibilidade para pessoas com deficiências visuais e audição, que otimizam as páginas para leitores de tela e permite o ajuste de cores e contraste com opção de alternância do tamanho da fonte, o que beneficia igualmente indivíduos com baixa visão ou comprometida pela idade ou ainda, quem faz uma busca em seu celular à luz do sol, por exemplo”, salientou Torquato.

Tags, , ,