Apto lança chatbot eficiente para o mercado imobiliário

Apto lança chatbot eficiente para o mercado imobiliário

A crise causada pelo coronavírus motivou empresas de todos os setores a reinventar seus negócios e pensar em novas alternativas que atraiam os consumidores. No segmento imobiliário, não seria diferente. Pensando em novas soluções de mercado, o Apto, plataforma que conecta com assertividade potenciais compradores de imóveis novos a construtoras e empreendimentos, firmou parceria com a Take, líder brasileira no mercado de chatbots e contatos inteligentes, para lançar um chatbot que presta serviço 24 horas, tanto para quem é comprador, quanto para anunciantes de imóveis. A ideia é orientar os usuários na busca de um apartamento novo. 

O bot faz o contato inicial, via WhatsApp, e descobre o que o cliente deseja: região do imóvel, quantos dormitórios tem, se o perfil é mais econômico, por exemplo, e em seguida envia opções de lançamentos, apartamentos prontos para morar ou ainda em construção, para que o usuário possa analisar melhor. As respostas, nesse momento, são mais objetivas e o usuário conduz o papo apontando suas escolhas. Caso existam dúvidas mais específicas, a ferramenta encaminha o comprador para a equipe interna do Apto, que passa mais informações e detalhes sobre o imóvel, sem perder o ritmo da conversa. 

“Nós já temos o “Vince”, nosso consultor virtual imobiliário que atende o público por e-mail e também disponibilizamos um chat que conecta os compradores diretamente com as construtoras, incorporadoras e imobiliárias. No entanto, essa ferramenta que estamos lançando é um sistema de mensageria próprio com inteligência artificial e que tem como ideia central orientar o usuário de forma rápida e objetiva, para que ele encontre o imóvel ideal”, explica Alex Reis, gerente de marketing do Apto. 

O atendimento via chat converte até 4 vezes mais em vendas. Por isso, o chatbot favorece que o cliente se mantenha ali, ativo. O mesmo acontece com a taxa de abertura dos apps de mensageria, que é de 100%, em até 4 horas. Ou seja, a comunicação é estabelecida diretamente com o usuário, de forma mais personalizada e eficiente. 

A Take aumentou a capacidade do BLiP, sua plataforma de construção, gestão e evolução de chatbots, em mais de 10 vezes nesse período de pandemia. “O BLiP foi construído para momentos como este, em que a velocidade, flexibilidade e escalabilidade se tornam diferenciais na capacidade de resposta ao inesperado. Com a redução da capacidade das centrais de atendimento, fechamento de lojas e trabalho remoto, temos visto nossos clientes desenvolvendo soluções incríveis e estamos preparados para responder rapidamente a todas as demandas”, afirma Roberto Oliveira, CEO da Take. 

O lançamento do canal já estava previsto para acontecer ao longo do ano, mas a pandemia causada pelo coronavírus acelerou o processo. “O momento de distanciamento social faz com que essa ferramenta seja ainda mais importante. O chatbot vai colaborar para diminuir o impacto negativo no mercado, uma vez que as pessoas terão todas as dúvidas esclarecidas de imediato”, finaliza Alex. 

Comments are closed