App Facilita apoia nova tendência de lançamentos digitais do setor imobiliário

App Facilita apoia nova tendência de lançamentos digitais do setor imobiliário

Um dos principais desafios do setor imobiliário com o advento da pandemia do Coronavírus e suas restrições de contato foi a impossibilidade de realizar os tradicionais lançamentos, evento responsável pelas vendas de unidades quase que 100% e, por isso, determinantes para o sucesso do empreendimento. A alternativa foi transformar digitalmente esses processos, migrando para os canais digitais.

De olho neste cenário, a Facilita, empresa responsável pelo primeiro aplicativo com processo de vendas 100% digital para o mercado imobiliário, reforçou sua atuação diante dos impactos da pandemia no setor e está possibilitando a reformulação dos estandes através de lançamentos digitais. De acordo com Glauco Farnezi, CEO da Facilita, há ganhos ao utilizar o App Facilita para essa adequação.

“O maior benefício do aplicativo é sua mobilidade para acessá-lo em qualquer localidade com informações atualizadas em tempo real. Além disso, ele permite criar e gerenciar pastas que contém os dados dos clientes com a intenção de compra, adicionando assertividade às estratégias de marketing e agilidade na rotina dos corretores, que precisam atuar à distância”, explica o executivo. E, no lançamento, há a possibilidade de acessar o espelho de vendas que contém as informações das unidades que estão ou não disponíveis, possibilitando o controle das reservas para simplificar a venda, tanto do lado do corretor, quanto do cliente.

Entre as construtoras que já testaram este novo modelo está a Opus, que é focada em empreendimentos de alto padrão e transformou seu processo de vendas num formato digital para o lançamento do imóvel nomeado Opus Gyro. O App Facilita facilitou o acesso dos corretores às informações, construiu pastas digitais e realizou as reservas.

Com esta estratégia, a construtora vendeu 90% das suas unidades disponíveis em sete dias, seu recorde. Segundo William Barbosa, gerente comercial da Opus, este resultado só foi possível devido à utilização do aplicativo. “Foi um lançamento extremamente organizado e assertivo. Pelo volume de unidades, era necessária uma ferramenta que nos possibilitasse desde a criação das pastas digitais à consulta de disponibilidade de unidades. Se não tivéssemos este apoio, simplesmente não conseguiríamos fazer porque seria impossível com papéis e planilhas”, explica Barbosa.

De acordo com Farnezi, o resultado da Opus constata que este novo modelo será tendência. “Mesmo diante da retomada gradual das atividades, estamos observando uma mudança no comportamento do consumidor, pois algumas pessoas não se sentem seguras para visitar os estandes e, somado ao conforto das transações no online, isso nos mostra que os lançamentos permanecerão num modelo 100% digital ou híbrido mesmo após o período de contágio do vírus”, finaliza o CEO.

Comments are closed