A matemática do multi investidor de multipropriedades

A matemática do multi investidor de multipropriedades

fevereiro 9, 2021 Comentários desativados em A matemática do multi investidor de multipropriedades By admin

Ser dono de vários endereços pelo mundo investindo apenas o proporcional ao tempo de uso do imóvel e reinvestindo seus ganhos em mais frações imobiliárias. Esse é o conceito do multi-multi, investidor que compra frações imobiliárias em empreendimentos no formato multipropriedade. É o caso de Daniel Fonseca, de 48 anos. O engenheiro começou a investir na aquisição de frações de imóveis. Apaixonado pela marca Hard Rock, comprou frações da marca em Fortaleza e Ilha do Sol, no Paraná. “Sempre que viajava à Miami com minha família ficava num Hard Rock Hotel lá. Já pensava em fazer o investimento, quando soube que teríamos o Hard Rock Hotel aqui no Brasil também. Optei por investir aqui. Além do preço mais atraente, a aquisição me abre as portas para usar vários hotéis pelo mundo, inclusive o de Miami”, diz.

Na multipropriedade, o proprietário passa a ser dono de 1/26 do imóvel, investindo muito menos do que o necessário para dar a entrada em um imóvel tradicional. Como proprietário, pode desfrutar de duas semanas por ano em seu imóvel com serviço de hotelaria, pode alugar através do pool do hotel para outros hóspedes ou trocar sua semana de uso por hospedagens em outros destinos. Os custos de condomínio são fracionados com todos os proprietários e o valor pago pelo investimento também.

No Brasil, a VCI SA é quem lidera o modelo em empreendimentos com marcas globais de alto padrão, como o Hard Rock Hotel. Samuel Sicchierolli, presidente da companhia, percebeu um aumento de um perfil parecido com o de Daniel, vendendo diferentes frações para um mesmo comprador. “O investimento em um patrimônio imobiliário através da multipropriedade é uma nova solução de férias que se constrói em dois pilares: investir para o futuro e viver o agora, e assim, como as frações podem ser alugadas, quanto mais frações você compra mais aluguel poderá receber e mais hospedagens de férias você terá“, diz Sicchierolli. “Ao ser dono da escritura, o valor do seu patrimônio cresce junto com o mercado imobiliário e com a demanda do hotel, que é impulsionada por uma marca global de alta atração. Você tira férias com serviços de hotelaria de alto padrão, seu imóvel valoriza e você não tem que se preocupar em fazer a manutenção ou a administração“, explica.

Como funciona

Hoje, milhares de pessoas em todo o mundo compram frações imobiliárias. No Brasil, o mercado cresce em média 26% ao ano. Destaque nas classes A e B, a VCI SA já lançou dois empreendimentos deste tipo e ainda há outros quatro em desenvolvimento. Os números de vendas são impressionantes: em 2020, somente o Hard Rock Hotel Fortaleza foi responsável por 25% de todo o VGV imobiliário do Estado do Ceará.

O consultor de planejamento financeiro, Afrânio Gonçalves, explica em números como o modelo pode ser rentável:

Afrânio ainda explica que algumas pessoas ainda confundem o modelo com o timeshare, mas que são propostas completamente diferentes “Na multipropriedade a pessoa tem a escritura de uma propriedade imobiliária, é como comprar um apartamento, o que não acontece no timeshare“, explica. Segundo ele, estar em posição de investir em um imóvel enquanto aproveita suas férias é um privilégio do modelo, você usufrui de seu investimento enquanto ele se valoriza, e ainda “com a flexibilidade do modelo você pode optar por viajar para outros destinos além das suas próprias propriedades sem pagar nada por isso“, finaliza o especialista.

Comments are closed