Monthly Archive abril 2019

Consultor Imobiliário realiza série de debate em várias capitais no Brasil sobre como investir no mercado americano

Comprar um imóvel nos Estados Unidos, definitivamente, é um grande investimento, e muitas vezes um sonho para algumas pessoas, mas que pode estar mais próximo do que a maioria imagina. Para tanto, é necessário planejamento e estrutura econômica. Além disso, por conta dos costumes e hábitos culturais, é importante um preparo emocional e psicológico para que a adaptação seja feita da melhor forma possível.

Pensando nisso, o consultor imobiliário e especialista em consultoria de imóveis no Estado da Flórida, Pablo Farias, promoveu encontros em quatro cidades brasileiras: Brasília, Belo Horizonte, Recife e Fortaleza, entre os meses de março e abril. Adicionalmente foi convidado para um grande congresso na cidade de São Paulo, onde estiveram profissionais experts em diversas áreas e Pablo ficou responsável pelo painel de investimentos imobiliários. Ao todo, mais de 300 pessoas compareceram aos encontros.

Durante as palestras, o especialista explicou sobre a importância deste suporte para a efetivação do processo, o que é essencial para os compradores. “Mas é preciso tomar alguns cuidados antes de iniciar a compra de um imóvel, principalmente em outro país. Por isso que a consultoria imobiliária visa disponibilizar um atendimento personalizado em todas as etapas desse processo”, informa.

O trabalho da equipe de Pablo vai desde encontrar um imóvel com as características que o cliente procura, até os trâmites burocráticos. E, a partir desse cenário, o especialista com mais de 13 anos de experiência em compra e venda de imóveis, desenvolveu debates sobre o mercado imobiliário americano e o sistema financeiro para estrangeiro. “Essa possibilidade, que ainda é desconhecida por muitos, permite adquirir uma propriedade, seja para morar ou investir, com juros de até 6%, enquanto as instituições brasileiras cobram entre 8 a 9%”, destaca.

O seu principal intuito é ajudar e encorajar quem pretende realizar esse tipo de investimento, a partir de apontamentos sobre as tendências, oportunidades e as melhores alternativas que estão no mercado.

Guarida Imóveis recebe selo de excelência em franquias 2019 da ABF

A Guarida conquistou mais uma vez o Selo de Excelência em Franquias 2019, concedido pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). O prêmio é entregue às empresas que são destaque como franqueadoras pela excelência em seus serviços e relacionamento com suas franquias.

A entrega do Selo aconteceu na última sexta-feira (26), em um evento, na cidade de São Paulo. A ABF avalia a franqueadora diferentes áreas como a satisfação de sua rede em treinamentos, ações de marketing, solução de conflitos, responsabilidade social, entre outros. Em todo o país, menos de 10% das redes possuem o Selo de Excelência em Franquias, dado que reforça a relevância do prêmio e a qualidade das empresas vencedoras.

Para eleger as empresas ganhadoras do selo, a ABF aplica uma detalhada pesquisa de satisfação com os franqueados. Os questionamentos envolvem os mais relevantes aspectos da rede de franquias e são como um “termômetro” da gestão das redes. Segundo a ABF, a pesquisa, referente ao ano de 2018, indica que os maiores índices de satisfação dos franqueados com suas respectivas empresas franqueadoras estão relacionadas à expectativa e efetivação do plano de negócios traçado.

O sistema de franquias da Guarida foi criado em 2011 e possibilita aos franqueados atuar na área de locação de imóveis e na intermediação de compra e venda. Atualmente, a Guarida possui agências franqueadas em Porto Alegre (8), Gramado (1) e Lajeado (1). Acesse guarida.com.br/franqueado e confira todas as vantagens de ser um franqueado Guarida.

Tags, , , ,

Segmento de construção modular cresce no Brasil

Especializada em soluções construtivas, a Lafaete foi um dos destaques da primeira edição da Expo Container City, realizada, neste mês, em São Paulo. A empresa apresentou aos participantes, em uma grande área da feira, seus principais produtos, entre eles as soluções em módulos termoacústicos, módulos metálicos e steel frame.

Entre os produtos expostos, alguns atraíram atenção especial. Esse foi o caso dos dois decks desenvolvidos pela Lafaete. “Levamos à Expo Container um mirante e uma cafeteria. Esses projetos tiveram muitos elogios quanto à versatilidade e quanto ao acabamento. Acreditamos que o tamanho do nosso espaço e o caráter de novidade fizeram com que fôssemos uma das empresas mais visitadas na feira”, revela o gerente da filial da Lafaete em Cotia (SP), Rudney Alves Rocha.

Tradicionalmente atuante em feiras e exposições, a Lafaete aproveitou a oportunidade para mostrar a capacidade de sua engenharia. “A Expo Container City fortalece o mercado de soluções modulares como um todo e coloca em evidência o nosso setor”, destaca Rocha, que afirma ter atingido os objetivos da participação. “Já saímos da feira com quatro possíveis parcerias.”

Na oportunidade, a empresa apresentou também o resultado de algumas parcerias, como os projetos concebidos em conjunto com a Solution Inox, empresa desenvolvedora de equipamentos para cozinhas industriais e profissionais. “Juntos, nós produzimos um protótipo de cozinha montada com dois módulos acoplados. Enquanto o pé direito padrão de um módulo habitacional é de 2,40 metros, para atender a essa demanda fabricamos um produto com pé direito de 3 metros. Essa foi uma solução inédita no mercado, devidamente validada pela Anvisa”, destaca Rocha.

Segundo o gerente da Lafaete, em funcionamento, a estrutura terá uma produção de cerca de 350 refeições por dia. “Esse tipo de solução reitera o lema da nossa participação na feira: ‘O que você imaginar em container, a Lafaete pode realizar’”, assegura o profissional.

No evento, a Lafaete também apresentou os projetos desenvolvidos no ramo hoteleiro em parceria com a empresa Samba Hotéis. “A partir dessa gama de produtos, provamos que contêineres não são destinados apenas para o uso em obras ou para guardar materiais. Existem várias possibilidades”, acrescenta Rudney Alves Rocha.

Em sua estreia no mercado, a Expo Container foi um sucesso, reunindo, ao longo de cinco dias, 25 empresas especializadas no desenvolvimento de módulos e de construções modulares. Aos visitantes que circularam pelo espaço, as empresas tiveram a oportunidade de apresentar suas principais tendências e propostas de mercado.

A presença da Lafaete na edição de estreia da Expo Container é resultado do convite da própria organização do evento. “Atuo há um tempo no mercado de construção modular e tenho visto a Lafaete sempre presente em eventos importantes. Isso nos interessou muito”, explica o organizador da feira, Marcos Bueno.

Segundo Bueno, a presença da empresa na exposição foi fundamental para o sucesso da estreia. “A equipe trouxe à Expo Container um espaço bem elaborado e investiu bastante em infraestrutura. Definitivamente, foi muito importante a dedicação da empresa no evento”, declarou o profissional. “A impressão que a Lafaete causou em todos nós é de que, de fato, tem uma estrutura grande e diversificada.”

Tags, , ,

O novo varejo de materiais de construção

Por Daniel Zanco, da Linx

No Brasil, o varejo de materiais de construção movimenta mais de R$ 100 bilhões ao ano por meio de, aproximadamente, 150 mil lojas. O setor é formado, em sua maioria, por pequenos e médios comerciantes, sendo um dos mais dinâmicos e importantes da nossa economia, dada a sua grande representatividade nas vendas.

Por exemplo, em 2018, apresentou crescimento de 6,5% em relação ao ano anterior, um faturamento de cerca de R$ 122 bilhões, segundo a Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (ANAMACO). E toda esta cadeia passa por movimentos estruturantes, reflexo de novas dinâmicas da indústria, evolução do varejo e sobretudo, novos hábitos de compra dos consumidores. Abaixo, podemos destacar e entender alguns deles.

Formalização – Parece óbvio, mas nem tanto. Todos os elementos do ecossistema, desde fornecedores de matéria-prima, fornecedores de mão de obra, representantes comerciais e lojas estão evoluindo de forma acelerada para um cenário de maior compliance tributário, impulsionado pela crescente eficiência do fisco e informatização dos processos de apuração e cobrança de tributos.

Gestão – Ainda é normal nas pequenas operações de varejo do setor, a figura do sócio-fundador onipresente. Essa figura precisará aprender a dividir a gestão com profissionais capacitados, sem que a empresa perca suas características principais e seu DNA. Práticas modernas e informatizadas de gestão de estoque, planejamento de compra, concessão de crédito, ambiente de loja, serviços e meios de pagamento são a chave para o novo varejo mais produtivo, rentável e sustentável.

Consolidação e Competição – A representação de grandes redes tende a crescer, criando um novo parâmetro de competição para os pequenos varejistas. Análogo ao movimento que ocorreu com os hipermercados no passado, os Home Centers devem em breve começar a investir em operações pautadas em preço (atacarejo) ou em conveniência (lojas menores de bairro). Essa consolidação levará ao aumento da participação das marcas próprias em suas gôndolas e por consequência, maior foco da indústria no pequeno e médio operador.

Novo Consumidor – O processo de compra mudou significativamente nos últimos anos, com um consumidor muito mais informado dentro do ponto de venda, empoderado pelo seu smartphone e com mais altos níveis de exigência em termos de comunicação, transparência, velocidade de entrega e serviços. Esse ‘neo consumidor’ tem a ciência de que ele é o centro da dinâmica de compra e vai migrar para os varejistas que entenderem essa premissa.

Canais Digitais – Impulsionados pelo novo consumidor, varejistas de materiais de construção civil estão rompendo paradigmas e vendendo seus produtos em e-commerces, marketplaces e outros canais digitais que conectam com baixíssima fricção compradores com cada vez menos tempo disponível e mais informados.

Nesta fase de mudança, as empresas mais transparentes, ágeis e, claro, adaptáveis serão as mais bem-sucedidas ao final do ciclo. Por isso, é fundamental que o pequeno varejo invista em uma onda intensa de profissionalização, amparada pelo uso de tecnologia e fundamentada em parcerias estratégicas com a indústria.

Pense nisso e boas vendas!

CASACOR São Paulo inicia venda de ingressos para edição 2019

Já começou a pré-venda on-line de ingressos para a CASACOR 2019 e quem acessar o site e já garantir a entrada, terá 20% de desconto (não aplicável para meia-entrada) na compra antecipada, que vai até o dia 30 de abril.

O evento chega a sua 33ª edição com o tema Planeta Casa, em mais de 70 espaços decorados (entre casas, lofts, lounges, salas, banheiros, estúdios e apartamentos) no Jockey Club de São Paulo. Desde 1986, a CASACOR, que é a maior mostra de arquitetura, decoração, design e paisagismo das Américas, tornou-se referência nacional e internacional no segmento, por revelar muitos dos grandes nomes atuais do mercado, começa no dia 28 de maio e vai até 04 de agosto

Para a comodidade do visitante, já está disponível a venda online pelo site casacor.byinti.com . Os valores vão de R$51,20 a R$80. Os ingressos poderão ser adquiridos também na bilheteria do evento a partir de 28 de maio, data de abertura ao público. Não será cobrado nenhum tipo de taxa de conveniência pela compra online.

SERVIÇO CASACOR SP 2019

QUANDO?

De 28 de maio a 04 de agosto

Terça a sábado, das 12h às 21h

Domingos e feriados, das 12h às 20h

QUANTO?

De terça a quinta-feira:

Ingresso inteiro: R$ 64,00/ Meia entrada: R$32,00

Com 20% de desconto: R$51,20

De sexta a domingo e feriados:

Ingresso inteiro: R$ 80,00/ Meia entrada: R$40,00

Com 20% de desconto: R$ 64,00

Gratuidade: Crianças até 12 anos.

As vendas dos ingressos para São Paulo estão disponíveis no site: casacor.byinti.com

ONDE?

Valet: R$ 40

Jockey Club de São Paulo – Avenida Lineu de Paula Machado, 875

Classificação: Livre.

Tags, ,

Juntos Somos Mais contrata CMO para fortalecer marca

Cristiano Santos é o novo CMO da Juntos Somos Mais, ecossistema que pretende revolucionar o varejo da construção civil. O executivo passou a integrar a equipe em um momento expressivo para a empresa, que patrocinou a 25ª edição da Feicon Batimat – feira internacional referência em construção civil e arquitetura.

A empresa é detentora do maior programa de fidelidade do setor, o Juntos Somos +, que funciona como um plano de benefícios para lojistas, seus vendedores e profissionais da obra, e do maior marketplace B2B online do setor.

Antonio Serrano, CEO da Juntos Somos Mais, afirma que a contratação reforça o compromisso de gerar valor para os clientes e capturar valor para a empresa. “O Cristiano é um profissional dinâmico e criativo. Possui ampla experiência em marketing e tem como principal desafio mapear oportunidades e fortalecer a marca no mercado. Em uma era digital, é fundamental entender o consumidor e implementar as iniciativas adequadas para retê-lo. “

Após 14 anos na área, o recém-contratado CMO adquiriu bagagem para a criação de estratégias que conectem o consumidor às oportunidades de negócios, garantindo uma alocação eficiente dos recursos.

Segundo Cristiano, que vem acompanhando com interesse a revolução que as startups têm gerado na economia com seus modelos ágeis, colaborativos e com forte propósito social, a nova estratégia de marketing da Juntos Somos Mais estará alinhada à essência da empresa.

“Nosso objetivo é gerar valor para todo o ecossistema da construção civil. Para isso, ampliaremos ainda mais nossa proximidade junto às instituições do setor, indústrias, varejistas e profissionais para garantir agilidade na identificação de oportunidades e aceleração na implementação das ações”, afirma o profissional. “Me sinto muito privilegiado por poder fazer parte desta empresa que chegou – definitivamente – para transformar a vida das pessoas que constroem sonhos”, completa.

Formado em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Cristiano Santos é pós-graduado em estatísticas na Universidade Federal de Minas Gerais e cursou MBA na Brazilian Business School. Atuou como gerente de marketing na Claro, foi loyalty manager na Editora Globo, onde mais tarde se tornou diretor de marketing do consumidor, logo antes de passar a exercer o cargo de Chief Marketing Officer na Juntos Somos Mais.

Juntos Somos Mais em números:

45+ mil lojas cadastradas

135+ mil profissionais cadastrados

1.2 bilhão de pontos emitidos

350+ mil resgates

16 empresas participantes do programa de relacionamento: Votorantim Cimentos, Gerdau e Tigre (fundadoras), Santander, Linx, Vedacit, Eternit, Suvinil, Stam, Bosch, Casa do Construtor, Ciser, Ourolux, Cozimax, Corfio e Schneider Eletric

35 profissionais com habilidades e background diversificados no time

R$ 30 milhões já investidos – R$ 50 milhões em investimentos até 2020

Tags, , ,

Construtora Danpris investe em releituras do Minha Casa Minha Vida

A Construtora Danpris que trabalha principalmente com empreendimentos econômicos, enquadrados no Plano Minha Casa Minha Vidarenovou ao construir imóveis na região metropolitana de São Paulo que trazem terraço gourmet e estrutura completa de lazer nas áreas comuns. De acordo com Dante Seferian, CEO da Construtora, a expectativa é entregar um produto completo. “Nosso objetivo é oferecer um produto com qualidade e acabamento de primeira linha, numa localização próxima da capital, primando pelo conforto e facilitando a forma de pagamento que possibilite que mais famílias realizem o sonho da casa própria”, destaca Dante Seferian CEO da Danpris.

No último ano, a Construtora lançou três empreendimentos voltados no plano Minha Casa Minha Vida com sucesso de vendas. “A expectativa para 2019 é ainda maior. Sentimos que o momento para venda está cada dia mais favorável, com o aumento da confiança do consumidor, a diminuição do número dos distratos e as condições de pagamento oferecidas, em que se pode usar recursos próprios como o FGTS e crédito e consórcio imobiliário as pessoas se sentem mais seguras para comprar um imóvel”, explica Dante Seferian.

A construtora que vende imóveis em São Paulo a partir de R$ 200 mil entregou no último ano o Terraço Quitaúna, com 100% das unidades vendidas, em que inovou ao transformar as varandas em ambientes aconchegantes. “Pensamos em construir tudo o que a família busca para viver em um ambiente harmônico. Antes possuir uma varanda gourmet era um luxo para poucos, hoje buscamos implementar essa qualidade de vida em todos nossos empreendimentos, também valorizamos a modernidade e acesso fácil“, conta Seferian.

Outro lançamento da Danpris que faz parte de uma tendência da Construtora e que promove a integração entre moradia, segurança e bem-estar é o Parque Central Reserva. Compostopor plantas versáteis com apartamentos com metragens a partir de 44 m², suite, com ou sem terraço gourmet, de um ou dois dormitórios, além de vaga na garagem. Entusiasmado com o lançamento que já contabiliza 90% de unidades vendidas, Dante explica que “entre as áreas de lazer do prédio estão: brinquedoteca, piscina, praça de convivência, salão de jogos adultos, academia, churrasqueira, pet care, pista de caminhada, quadra, bosque, espaço gourmetplayground e salão de festas”.

Outro lançamento da Construtora no segmento popular com infraestrutura moderna, boa localização e plantas versáteis é o Boulevard Parque Central. O empreendimento está localizado em uma área com mais de 12mil m², 30 itens de lazer e esportes e de fácil acesso aos principais modais de transporte. “A primeira fase de vendas foi um sucesso, já abrimos para a segunda fase” revela Seferian. O projeto possui seis torres, com opções diferentes de plantas, espaço gourmet, salão de festas, brinquedoteca, salão de festas infantil, salão de jogos, bike sharing, lounge bar, pista de cooper, espaço pet, fitness, espaço mulher, sala de yoga e home office.

Tags, ,

Construtora brasileira planeja ser uma plataforma global de habitação

Em 2019 o programa Minha Casa Minha Vida completa 10 anos. Cerca de 15 milhões de pessoas já foram atendidas. Além de promover a mudança na vida de muitas famílias que realizaram o sonho de conquistar a casa própria, o Minha Casa Minha Vida tem um importante papel na atividade do mercado imobiliário. De acordo com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), o programa respondeu por 51% dos lançamentos imobiliários no terceiro trimestre de 2018.

Em entrevista para o podcast Vem pra mesa, o fundador e presidente do Conselho de Administração da MRV Rubens Menin, falou sobre as perspectivas para o setor da construção civil nos próximos anos.

Da mesma forma que a empresa em 1994 iniciou uma expansão para fora do estado de Minas Gerais, ela deseja projetar-se para o mundo e tornar-se uma plataforma global de construção. A MRV possui um Laboratório nos Estados Unidos, que funciona como uma base de pesquisa e desenvolvimento. “A tecnologia está evoluindo muito rápido e temos que estar aptos e investindo para concorrer com os grandes players globais”, afirmou Rubens.

Um dos principais desafios para o segmento econômico é o crédito, que atualmente vem basicamente do fundo de garantia (Caixa Econômica Federal). Porém os bancos privados enxergaram que esse é um nicho interessante, e estão querendo entrar nesse mercado.  

Rubens fala que é necessário a construção de 1,5 milhões de moradias por ano. E que os recursos vindos do FGTS são suficientes para financiar 400 mil unidades por ano. Logo, é preciso arrumar algo que possa multiplicar esse valor, no mínimo por duas vezes e meia.

Na entrevista Rubens fala da importância das energias renováveis, principalmente para reduzir os custos de condomínio. Há dois anos a MRV começou a implementar a energia solar fotovoltaica. Atualmente todos os lançamentos da empresa já contam 100% com energia obtida através da conversão direta da luz em eletricidade.

O podcast Vem pra mesa, que é apresentado por Sergio Langer, está disponível nos principais aplicativos. Para ouvir no Spotify acesse: https://spoti.fi/2UswgMm

Tags, , ,

IR 2019: como declarar meus imóveis?

Os bens imóveis, independentemente de seu valor, devem ser informados na Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF) caso o contribuinte esteja dentro das regras de obrigatoriedade, ou queira declarar de forma espontânea.

Vale lembrar que os imóveis não podem ser informados com o seu valor de mercado, mas sim o valor que foi pago. “A única exceção para esta regra é quando o contribuinte realiza benfeitorias devidamente comprovadas por meio de documentação”, afirma Andrea Nicolini, coordenadora de impostos IOB, da Sage Brasil.

No programa de declaração da Receita Federal, informe esse tipo de bem, seja ele seu ou de seu dependente, na ficha “Bens e Direitos”, na linha correspondente ao seu tipo, por exemplo “11 – Apartamento”; “12 – Casa”; “13 – Terreno” – isso também vale para imóveis adquiridos na planta – e siga os passos abaixo:

1. Nos campos próprios, informe a localização (país), Inscrição Municipal (IPTU) e a data de aquisição;

2. No campo “Discriminação”, esclareça a forma de aquisição, os dados do financiamento (se houver) e a existência de condôminos e usufruto, se for o caso;

3. No campo correspondente, informe o endereço; a área total do imóvel e a unidade. A área total do pode ser obtida por meio dos seguintes documentos, em ordem de preferência: registro de imóveis, guia do IPTU ou algum outro documento hábil. Siga as especificações abaixo:

a) No caso dos códigos “01 – Prédio residencial”, “02 – Prédio comercial”, “03 – Galpão”, “12 – Casa” e “16 – Construção”, informe a área do imóvel construída;

b) No caso dos códigos “11 – Apartamento”, “15 – Sala ou conjunto”, “18 – Loja” e “19 – Outros bens imóveis”, informe a área do imóvel privativa;

c) No caso do código “17 – benfeitorias em imóvel adquirido antes de 1988”, informe apenas o acréscimo de área construída;

d) No caso dos códigos “13 – Terreno” e “14 – Imóvel rural”, informe a área do terreno ou da terra nua, respectivamente;

4) Caso o imóvel esteja registrado no Cartório de Registro de Imóveis, informe a matrícula e o nome do Cartório;

5) Para finalizar, nos campos “Situação em 31/12/2017 (R$)” e “Situação em 31/12/2018 (R$)”, informe os valores pagos até as respectivas datas. Caso sejam imóveis financiados, informe os valores das parcelas pagas até 31 de dezembro de cada ano.

Importante lembrar que em casos de financiamentos do Sistema Financeiro da Habitação (SFH) ou sujeitos às mesmas condições, ou seja, aqueles nos quais o bem é dado como garantia do pagamento, como em casos de alienação fiduciária, hipoteca e penhor, “o valor da dívida não deverá ser informado na ficha ‘Dívidas e Ônus Reais’, pois o valor do bem aumentará conforme as parcelas do financiamento forem pagas” afirma Andrea.

Tags, , , ,

Tem início a terceira edição da GreenbuldingWeek

Pelo terceiro ano seguido, o GBC Brasil oferece conteúdo gratuito sobre o panorama do mercado das construções verdes no país, as principais tendências, projeções e cases de sucesso


Começa hoje e vai até o dia 26 de abril, mais uma edição da GreenbuildingWeek, semana de treinamentos online e gratuitos para discutir as tendências do mercado das construções sustentáveis no Brasil. Ao longo dos dias, os participantes poderão consumir conteúdos como cases, vídeos, artigos, entrevistas e palestras completas sobre temas relevantes do setor. Para esta edição, são esperadas a participação de 3 mil pessoas, entre executivos, representantes de construtoras, arquitetos, engenheiros, projetistas, entre outros. O evento é uma iniciativa do Green Building Council Brasil.


Os principais temas que serão apresentados na edição 2019 são Smart Buildings, Eficiência Energética em Construções, Qualidade da Água, Zero Waste Resíduos, Cidades Sustentáveis, Minha Casa Minha Vida, Certificação Edge, Lighting Design, Consumo de Energia e atualização do LEED V4.1, além de apresentação cases em projetos residenciais e comerciais.


Para Felipe Faria, diretor executivo do GBC Brasil e presidente do Comitê dos GBCs das Américas pelo World Green Building Council, o movimento de green building contribui para acelerar a elevação técnica do mercado. De Acordo com Faria, essa experiência permite, tanto aos profissionais quanto às empresas, operarem edificações autossuficientes, inclusive com viabilidade financeira. 


“O Greenbuilding Week é mais uma iniciativa do GBC Brasil para fortalecer o setor das construções verdes e engajar cada vez mais profissionais e empresas, mesmo por que a transformação que buscamos depende da participação de todos”, finaliza o executivo.


Para se inscrever e participar da Greenbuilding Week, acesse o link a seguir: https://bit.ly/2GlLxJS.


Sobre o GBC Brasil – O Green Building Council é uma organização sem fins lucrativos, presente em 80 países e com certificações em 167 países, com a missão de transformar a indústria da construção civil e a cultura da sociedade em direção à sustentabilidade. O GBC Brasil atua para desenvolver a indústria da construção sustentável no país, utilizando as forças de mercado para conduzir a adoção de práticas de green building em um processo integrado de concepção, implantação, construção e operação de edificações e espaços construídos, contribuindo para garantir o equilíbrio entre desenvolvimento econômico, impactos socioambientais e uso de recursos naturais, visando a melhoria da qualidade de vida e bem-estar da atual e das futuras gerações. Suas atividades são focadas em capacitação profissional, disseminação de informações, relações governamentais e promoção das certificações LEED e Referencial GBC Brasil Casa.

Tags, ,